Diário da Manhã

sábado, 27 de fevereiro de 2021

Notícias

Canguçu de olho na segurança

17 setembro
19:20 2013

Em reunião no fim da tarde desta segunda-feira (16), na Secretaria de Segurança Pública (SSP), em Porto Alegre, o prefeito de Canguçu, Gerson Nunes, entregou ao secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Airton Michels, o projeto para implantação de um sistema videomonitoramento no município.

Terceira maior cidade da Zona Sul do Estado, com cerca de 55 mil habitantes, destes, 64% na zona rural, Canguçu tem alto índice de violência. O projeto da prefeitura será posto em prática a partir de uma emenda do deputado federal Fernando Marroni (PT), que destina R$ 1 milhão para a implantação do sistema, com contrapartida de R$111.820 da prefeitura.

Miriam e Airton Michels

Foto: Fernanda Dreier

A deputada estadual Miriam Marroni (PT) acompanhou a audiência e ressaltou que o sistema vai garantir, entre outras coisas, maior segurança à população. “Hoje está provado que as câmeras resolvem investigações, o que é o centro desta política de segurança, mas também repreendem e educam os possíveis infratores. Como resultado de sua economia agrícola, a cidade de Canguçu tem um intenso movimento bancário”, disse.

Serão 26 câmeras instaladas em pontos estratégicos da cidade para auxiliar na segurança dos moradores. Além de qualificar o trabalho de segurança realizado pela Brigada Militar, um guia elaborado pelo Governo Federal e entregue pelo deputado Marroni traz os detalhes para a criação do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que vai centralizar o controle sobre o sistema de câmeras e pode integrar os serviços de atendimento médico de urgência (Samu) e Polícia Civil.

“Temos a garantia da implantação. Mais um passo e vamos melhorar a patrulha urbana e o apoio aos cidadãos em casos de emergência”, comentou Nunes. Em 30 dias a SSP fará os ajustes e o convênio de cooperação, que vai definir as obrigações da prefeitura e da Segurança Pública do Governo do Estado para o funcionamento efetivo do sistema, deve ser assinado.

Também participaram do encontro o diretor administrativo da Susepe, Giovani Moreira, e a secretária de Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente da cidade, Aline Nunes.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções