Diário da Manhã

terça, 18 de maio de 2021

Notícias

DANÇA AFRO : Seminário sobre práticas de ensino acontece no Colégio Pelotense

DANÇA AFRO : Seminário sobre práticas de ensino acontece no Colégio Pelotense
16 outubro
08:18 2018

Por Carlos Cogoy

Debate sobre as práticas pedagógicas e “pretagógicas” na área das artes, bem como na educação – formal e informal. Além disso, sistematizar e divulgar memórias sobre a dança afro no Estado, bem como instigar coletivos artísticos, como grupos de dança afro e afro-brasileira, artistas independentes, estudiosos, pesquisadores. Alguns dos objetivos da segunda edição do “Seminário de Dança Afro do RS”. A coordenação reúne as professoras Maritza Ferreira Freitas, Raquel Silveira, Juliana Coelho. Na equipe também Manoel Luthiery (Odara Produções), e Rita Lende (SEMA), e a programação será sexta e sábado no Colégio Municipal Pelotense (CMP). Apoiadores: Afro-Sul Odomode; CMP; Ponto de Cultura Africanamente; Cia. de Dança Afro Daniel Amaro. O investimento é de R$40,00 (dois dias), e R$20,00 (um dia). O depósito deve ser feito no Banco do Brasil, conta poupança 35866-5, agência 1484-2, operação 013, em nome de Gabriela Souza da Rosa. Email: [email protected]

SEXTA com recepção, cadastro e inscrição a partir das 9h. A mesa de abertura terá início às 10h, e reunirá representantes da Secretaria Municipal de Educação e Desporto (SMED), Faculdade de Educação (FaE/UFPel), curso de dança da UFPel, CMP e da coordenação do seminário. Às 10h30min, mostra artística. Retomada às 11h, com a oficina “Falar Fazendo Dança Afro – Perspectivas epistêmicas”, que será ministrada por Manoel Luthiery (UFRGS). Às 14h, conversa dançada “Estratégias de Ensino da Dança Afro”, com a professora Maritza Freitas (CMP), e Juliana Coelho (UFPel). Às 15h30min, mostra artística. Às 15h45min, oficina “Afro oralidades – O corpo como sujeito de fala”, que será ministrada por Rita Lende (UERGS). Às 17h15min, coletivos e grupos na mostra artística.

SÁBADO às 9h, oficina de “Dança Afro” com Karen Tolentino (UFSM). Às 10h30min, mostra artística. Às 11h, roda de conversa “Negritudes na pesquisa em arte e educação”, com a dra. Georgina Helena (UFPel), professora Maritza Freitas e doutoranda Carla Ávila (UCPel). Às 14h, diálogos em movimento “Danças de expressão e estética negra na educação informal”, com a pesquisadora Raquel Silveira, e a participação de convidados. Às 15h30min, mostra artística com coletivos e grupos. Às 15h45min, oficina “Dança de Matriz Africana – dança de Benin e Contemporânea” com o coreógrafo e bailarino Daniel Amaro. Às 17h15min, avaliação do seminário. Às 18h, arte no encerramento com “AFROJam”.

 

EXPERIÊNCIAS – De acordo com organizadores: “Coletivamente estaremos estudando com alguns educadores, que são referência ao ensino da dança e cultura afro no Estado. E também conversaremos um pouco sobre esses corpos contadores de história, que contribuirão a partir de suas experiências pretagógicas”. 

DANÇA AFRO

Seminário sobre práticas de ensino acontce no Colégio Pelotense

 

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções