Diário da Manhã

domingo, 01 de agosto de 2021

Notícias

Presidente da Câmara pede agilidade na investigação de incêndio

17 setembro
21:15 2013

O presidente da Câmara Municipal, vereador Ademar Ornel (DEM), encaminha, nesta quarta-feira (18/09), ofício à delegada regional de Polícia, Carla Kuhn, solicitando agilidade na investigação do incêndio no carro do assessor do vereador Ricardo Santos, na noite da última sexta-feira, 13 de setembro. “Não queremos que paire qualquer dúvida entre a possibilidade de que tenha sido um crime ou um atentado político contra o vereador Ricardo Santos, porque esta Casa também terá sido atingida”, afirmou Ornel.

O pedido do presidente foi encaminhado após discurso do vereador Ricardo Santos (PDT), presidente da CPI da Saúde, na manhã desta terça-feira (17/09). Ele disse estar indignado com o que considerou “uma falta de respeito para com a população”, ao criticar a comemoração de assessores da secretária municipal da Saúde, Arita Bergmann, depois de seu depoimento na CPI da Saúde. O parlamentar exibiu cópias de uma página de facebook com fotos da festa. “Enquanto eles comIncêndio Carro Assessor Ricardoiam carne gorda e bebiam champanhe, pessoas agonizavam no Pronto Socorro à espera de um leito nos hospitais e medicamentos eram jogados fora com data de validade vencida”, denunciou Ricardo Santos.
Ele garantiu, no entanto, que o relatório contém todo o material necessário que comprova as irregularidades nos contratos, nos empenhos, em obras superfaturadas, na má gestão da central de regulação de leitos e de consultas, e no descaso com a população pelotense que não tem acesso aos serviços plenos de saúde, como obriga a legislação.
“Somente no setor de traumatologia da Santa Casa, existe uma lista com 640 pessoas esperando por uma cirurgia eletiva. Quatro pacientes estão há 40 dias hospitalizados, recebendo medicação paga por familiares e a secretária Arita Bergmann afirmou em seu depoimento que desconhecia o fato”, disse o relator.
Santos recebeu o apoio de vários parlamentares, que pediram uma explicação do Executivo para a festa realizada logo após a presença da secretária na CPI. “Arita Bergmann foi mantida no cargo que ocupava há mais de dois anos, e mesmo assim a crise na saúde vem piorando a cada dia”, disse Ricardo Santos. E completou: “Ela fala em futuro, esquecendo que hoje, as pessoas estão morrendo deitadas em cadeiras no Pronto Socorro à espera de atendimento”.
O vereador também exibiu fotos do veículo queimado, e garantiu que a Polícia Civil está empenhada em desvendar o caso, pois o incêndio foi filmado pelas câmeras de segurança postadas em frente à casa de seu assessor.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções