Diário da Manhã

quinta, 27 de fevereiro de 2020

Notícias

Cai o número de roubo a pedestres em Pelotas

Cai o número de roubo a pedestres em Pelotas
26 dezembro
07:51 2019

Novembro deste ano trouxe o menor número de roubo a pedestre registrado em Pelotas, há quatro anos: 144 – 45% a menos do notificado no mesmo mês de 2015. O trabalho integrado e de inteligência das forças de segurança, aliado ao compartilhamento de informações e à soma de esforços dos efetivos – articulados pelo Pacto Pelotas pela Paz –, repercutiram no declínio do índice criminal, um dos que mais influencia na rotina dos pelotenses que transitam pela cidade.

Pela primeira vez, desde então, o semestre deve fechar com menos de mil roubos registrados no município. De julho a novembro, foram 826, enquanto o segundo semestre de 2015, por exemplo, indicou 1.398. A premissa da atuação em conjunto, alicerce principal das Operações Integradas, também tem conexão direta com a redução dos assaltos, uma vez que interligam efetivos de policiamento e fiscalização em patrulhamentos por todas as regiões.

“Esta diminuição é fruto de um trabalho coletivo e muito focado, feito a partir de dados científicos, inteligência, troca de informações e compartilhamento das responsabilidades. É um número impactante porque significa que pessoas foram preservadas da violência e é para isso que a gente trabalha”, declarou a prefeita Paula Mascarenhas.

Em 2019, a marca de 400 operações – promovidas por guardas municipais, agentes de trânsito, policiais militares, entre outros – foi atingida em Pelotas e, atualmente, cerca de cinco são realizadas por semana – uma forma eficiente encontrada pelo Pacto pela Paz para coibir a ação dos criminosos e atuar com mais agilidade nos episódios identificados.

DIMINUIÇÃO EXPRESSIVA

A trajetória de queda nos índices se mantém desde abril deste ano, quando a quantidade saiu da casa dos duzentos roubos por mês. O declínio é ainda mais significativo quando comparada aos indicadores de 2017 – ano em que chegou a registrar mais de 300 roubos por mês. A soma dos roubos registrados em 2015 e em 2019 também demonstra a redução expressiva: 2.443 notificações contra 2003, neste ano (considerando dados de janeiro a novembro).

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções