Diário da Manhã

sexta, 15 de fevereiro de 2019

Notícias

Eduardo decide vetar projeto que libera venda de bebidas alcoólicas nos estádios

Eduardo decide vetar projeto que libera venda de bebidas alcoólicas nos estádios
17 janeiro
16:27 2019

Após se reunir, na tarde desta quarta-feira (16), com representantes do Ministério Público (MP-RS) e com a cúpula da Segurança Pública do Estado, o governador Eduardo Leite anunciou que vai vetar o projeto de lei (PL 192/2018) que flexibiliza o consumo e a venda de bebidas alcoólicas dentro dos estádios do Rio Grande do Sul, proibidos desde 2008 (Lei 12.916).

“Os argumentos trazidos hoje, além de outros que já haviam chegado, me ajudaram a tomar a decisão, que tem como base a questão da segurança e implica diretamente na crise fiscal do Estado. Uma eventual liberação de bebidas demandaria um aumento de efetivo nos jogos, algo que o governo não tem condições de arcar neste momento”, pontuou o governador.

Leite também ouviu opiniões da cúpula da Segurança Pública antes do veto - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Ainda conforme Leite, as secretarias de Segurança Pública (SSP) e da Saúde (SES) emitiram comunicados com dados objetivos que sustentam a argumentação contra o projeto. Segundo a pasta da Saúde, estudos comprovam que a ingestão de bebidas alcoólicas potencializa o comportamento agressivo das pessoas e pode resultar em atos de violência. O comandante-geral da Brigada Militar, coronel Mário Ikeda, ressaltou que, “desde a proibição da venda de bebidas nos estádios, houve significativa redução nas ocorrências durante os jogos”.

Por fim, outro argumento trazido pelo MP, e que ajudou a embasar o veto do governador, trata da inconstitucionalidade do projeto de lei, já que existe uma lei federal que proíbe o consumo e a venda nas praças esportivas do Brasil. Trata-se do Estatuto do Torcedor, de 2003, que impede os frequentadores dos estádios de “portar objetos, bebidas ou substâncias proibidas ou suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática de atos de violência”.

Participaram da reunião com o MP-RS o subprocurador-geral Institucional, Marcelo Dornelles; o promotor do Torcedor, Márcio Bressani; e o chefe de gabinete, Júlio César de Melo. No encontro com membros da segurança, estiveram presentes o vice-governador e secretário da pasta, Ranolfo Vieira Júnior; o chefe da Casa Civil, Otomar Vivian; o subcomandante-geral da BM, Carlos Alberto Prado de Andrade; a chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor; e o subchefe de Polícia, Fábio Motta Lopes.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções