Diário da Manhã

quinta, 27 de fevereiro de 2020

Notícias

FUTEBOL : À espera pelo apito inicial

06 janeiro
08:23 2020

Érico Andrade está dentre os árbitros que ajustam preparação física e teórica para garantir presença nos confrontos do Gauchão 2020

PARCERIA e qualidade: com Natã Clei(E) e Guiga Barreto, no Time Andrade

PARCERIA e qualidade: com Natã Clei(E) e Guiga Barreto, no Time Andrade

Estar no Campeonato Gaúcho de Futebol da Primeira Divisão, que se inicia nos próximos dias, mais precisamente no dia 21 deste mês, é a meta de muitos profissionais do mundo futebolístico, boleiros etc. Nesse segundo grupo está o time dos que também garantem a “grandeza” do espetáculo: os antigos “homens” de preto, hoje um pouco mais estilizados e personalizados, porém, sem perder o foco e essência da função exercida dentro das quatro linhas. São os árbitros, os caras que garantem a lei, ordem e disciplina nos confrontos.

E Pelotas deverá estar representada por três profissionais dentre os árbitros do maior campeonato futebolístico do Rio Grande do Sul: Jean Pierre Lima, David Bachini e Érico Andrade. A decisão sobre os escolhidos pelo departamento de arbitragem da Federação Gaúcha de Futebol(FGF) ocorre nos dias 12 e 15 deste mês, em Salvador do Sul, durante seletiva na qual os profissionais são avaliados teórica e fisicamente.

Na bagagem de Érico Andrade, 37 anos, experiências adquiridas em alguns anos e relevantes participações em competições também de nível relevante.  Érico já apitou cerca de 60 jogos em sua carreira profissional, mais recentemente, a final da Divisão de Acesso de 2019, entre Ypiranga e Esportivo e da Segundona Gaúcha: Guarany de Bagé x Brasil de Farroupilha. Também em 2019, apitou Internacional x Novo Hamburgo, quartas de final do Gauchão.

PREPARAÇÃO

Estar afiado, nos quesitos físico e teórico, para saber o que marcar, sem deixar dúvidas, acompanhar os lances o mais de perto possível. Isso de certa forma inibe as costumeiras reclamações da boleirada.

“Errar de perto é melhor do que errar de longe”, exemplifica o árbitro, a poucos dias do teste pelo qual busca garantir sua presença na “barca” chamada Gauchão, que pode lhe abrir a porta de um nível um pouco acima: o quadro de árbitros da Confederação Brasileira de Futebol(CBF), em competições nacionais e até internacionais.

EXPERIÊNCIA e preparação levadas para o teste decisivo e gramados que receberão confrontos a partir do dia 21

EXPERIÊNCIA e preparação levadas para o teste decisivo e gramados que receberão confrontos a partir do dia 21

“Esse é o objetivo, a meta. A gente trabalha para isso”, salienta o profissional, que já apitou o Campeonato Brasileiro Sub-20, atual Copa Ipiranga, desde 2019.

Se a teoria está na mente, decorada, constantemente reativada, em seus principais e básicos pontos, como a Regra 12 (faltas e condutas antiesportiva), além, é claro, do se fazer respeitar, com postura e disciplina, a preparação física é primordial, fundamental. E nisso, em tese, Andrade está afiadíssimo. O professor de educação Física é proprietário de uma academia voltada ao preparo “personal e semi-personalizado”, atendida por um time de primeira, aliás, batizado de Time Andrade, também especializado em Fut Fit, personal mais futebol.

O jogo que precede o Gauchão 2020 está prestes a começar, para Bachini, Lima, Andrade, para a cidade de Pelotas, para os apaixonados por futebol: boleiros e torcedores.

Comentários ()

Seções