Diário da Manhã

quinta, 06 de agosto de 2020

Notícias

 Mais recentes

Incerteza elevada e queda na renda freiam o consumo das famílias

Incerteza elevada e queda na renda freiam o consumo das famílias
08 julho
09:11 2020

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF-RS), divulgada pela Fecomércio-RS nesta segunda-feira, dia 06, mostra que o pessimismo avançou com o prolongamento da crise do coronavírus. Depois de registrar a maior queda mensal da série na edição anterior, o ICF-RS teve nova retração na margem, de 4,7%, registrando 73,4 pontos. Em relação a junho do ano passado, a queda foi de 18,4%.

Entre os componentes da pesquisa, a maior queda mensal foi no indicador de consumo atual (-8,8%), que atingiu 65,2 pontos, menor valor desde abril de 2018. Momento para duráveis, que teve a segunda maior queda (-7,1%), é o indicador que acumula a maior contração em relação a março (-54,3%) e registra o menor valor entre os indicadores (38,2 pontos), refletindo a avaliação predominante de 80,2% dos entrevistados sobre ser um mau momento para comprar esses bens. O segundo indicador mais pessimista diz respeito à perspectiva de consumo (61,4 pontos) que, embora tenha ficado praticamente estável na margem, acumula queda de 37,2% em relação a março.

O indicador de situação de renda atual (81,5 pontos), que teve queda de 6,4% na margem, reflete a percepção de uma renda familiar pior que o ano anterior para 40% dos entrevistados.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções