Diário da Manhã

sexta, 15 de fevereiro de 2019

Notícias

Livro detalhando os solos do Vale dos Vinhedos será lançado dia 13

12 setembro
18:58 2013

Pesquisador Carlos FloresA qualidade da uva é o resultado da interação entre vários fatores naturais e humanos, como o clima, o sítio ou topografia local, o solo e a geologia, a cultivar escolhida e as práticas de manejo adotadas na produção. De todos os fatores ambientais, o clima exerce efeito preponderante sobre a possibilidade de se produzir uvas de qualidade em uma determinada região, mas, em escala local, outros aspectos físicos assumem grande importância, dentre os quais o solo. Portanto, ações ou políticas que busquem orientar a viticultura para a obtenção de produtos diferenciados por conta de sua tipicidade devem, necessariamente, contemplar estudos de solos.

É nesse contexto que a Embrapa, por meio das unidades Uva e Vinho e Clima Temperado, e as universidades de Caxias do Sul (UCS) e Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – esta por meio do Centro de Ecologia (Ceneco) – trabalham, desde 2005, no projeto de pesquisa Desenvolvimento de Indicações Geográficas e Alerta Vitícola para o Arranjo Produtivo Local de Viticultura do Rio Grande do Sul (APL Vinhos), liderado pela Embrapa Uva e Vinho, na figura do pesquisador Jorge Tonietto. É no projeto que se insere o detalhamento dos solos da Indicação Geográfica Vale dos Vinhedos.

Pois, nesta sexta-feira,  dia 13, em evento com início às 15h30, no auditório da Embrapa Uva e Vinho, em Bento Gonçalves (RS), será lançada a publicação que apresenta o resultado do levantamento, denominada Os Solos do Vale dos Vinhedos.

Um dos autores do livro, o pesquisador da Embrapa Clima Temperado Carlos Alberto Flores, ressalta que “mapas detalhados de solos são fundamentais para uma agricultura de precisão ou, mais especificamente no caso do Vale dos Vinhedos, para uma viticultura de qualidade superior, que irá gerar produtos de alto valor agregado”. Flores acrescenta que “o levantamento detalhado de solos do Vale dos Vinhedos será útil a vários públicos; produtores e técnicos, por exemplo, terão à disposição informações sobre os fatores agronômicos que condicionam o uso do solo e o potencial deste para a viticultura”. Ou seja, com os dados oferecidos pelo estudo, considerando as características de cada tipo de solo, será possível definir, no processo de planejamento da implantação de um vinhedo, as cultivares de uva mais aptas a obter resultados de excelência.

O levantamento identificou os tipos de solos do Vale, através da investigação de suas características morfológicas (de forma) e de análises físicas, químicas e mineralógicas, permitindo a elaboração de mapas com sua distribuição espacial. O trabalho foi desenvolvido para apresentação na escala 1:10.000, em função dos objetivos (vitivinicultura) e da base cartográfica disponível. O estudo, do qual fazem parte, ainda, os pesquisadores Reinaldo Oscar Pötter (consultor, pesquisador aposentado da Embrapa Florestas), Eliana Casco Sarmento (UFRGS), Eliseu José Weber (pesquisador-associado da UFRGS) e Heinrich Hasenack (Ceneco-UFRGS), foi financiado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), com apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário Edmundo Gastal (Fapeg).

O livro Os Solos do Vale dos Vinhedos será disponibilizado, a partir de seu lançamento, nos sites das instituições envolvidas com o levantamento que deu origem à publicação.

 

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções