Diário da Manhã

segunda, 11 de novembro de 2019

Notícias

Mais de R$ 73 milhões para a mobilidade urbana

Mais de R$ 73 milhões para a mobilidade urbana
26 fevereiro
21:09 2014

Prefeitura e Caixa assinaram contrato para financiamento de obras que irão reordenar o sistema viário de Pelotas, com foco no transporte coletivo 

Depois de um longo caminho de liberações, trâmites, obstáculos e superação, na tarde desta quarta-feira (26/02/2014) a prefeitura de Pelotas e a Caixa Econômica Federal assinaram o contrato que financiará o PAC Mobilidade Médias Cidades. Com recursos na ordem de R$ 73.650.367,37 a serem investidos na mobilidade urbana do Município, Pelotas será a primeira cidade do interior do Brasil a receber um valor tão alto em financiamento para este tipo de obra.

O prefeito Eduardo Leite salientou que esse conjunto de obras, que irá reordenar o sistema viário de Pelotas, com foco no transporte coletivo, é fruto de uma grande parceria com a Caixa, do esforço da equipe, através das secretarias de Gestão de Cidade e Mobilidade Urbana (SGMU), da secretária Joseane Almeida, e da coordenação da Unidade de Gerenciamento de Projetos (UGP), além da Câmara dos Vereadores, representada por Rafael Amaral (PP) e Vitor Paladini (PSB), que aprovou com agilidade os projetos.

O projeto prevê a reestruturação da mobilidade urbana em dez ruas e avenidas, quatro espaços urbanos, 25 quilômetros de pavimentação, dez quilômetros de corredores de concreto, 20 quilômetros de ciclovias/ciclofaixas e 203 abrigos com acessibilidade.

O projeto básico foi aprovado pela Caixa e agora a empresa contratada tem seis meses para apresentar os projetos executivos. Após a aprovação destes pela Caixa, deve ter início o processo licitatório, para definir quem ficará a cargo da execução dos projetos. A expectativa da prefeitura é de que as obras comecem até o final deste ano.

Estiveram presentes à assinatura do PAC: a vice-prefeita Paula Mascarenhas, o superintendente Nacional da Área Sul da Caixa, Roney Granemann, superintendente Regional Extremo-sul da Caixa, Adilson Christovam, gerente Regional da Caixa, Chagler Zandavalle, gerente Geral da Agência Pelotas da Caixa, Erivelto Garcez Nogueira, coordenador da Representação de Desenvolvimento e Rural Pelotas, Maurício Gonçalves Beira, deputado Federal Afonso Hamm, vereadores Rafael Amaral e Vitor Paladini, secretária de Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana (SGMU), Joseane Almeida e o chefe da Unidade de Gerenciamento de Projetos (UGP), Jair Seidel, entre outras autoridades.

O PAC Pavimentação será assinado com a presença de representantes do governo federal, em solenidade a ser marcada para os próximos dias.

Veja o que será feito pelo PAC Mobilidade Médias Cidades:

  • Na rua General Osório está prevista a construção de corredor de ônibus (concreto); capeamento asfáltico; abrigos para ônibus; alargamento de calçadas; construção de rampas de acessibilidade; paisagismo e mobiliário urbano (bancos e lixeiras); sinalização e iluminação.. O trecho que receberá as intervenções é compreendido entre as ruas Gomes Carneiro e avenida Dom Joaquim.
  • A rua Marechal Deodoro receberá construção de corredor de ônibus (concreto); capeamento asfáltico; abrigos para ônibus; alargamento de calçadas; construção de rampas de acessibilidade; paisagismo e mobiliário urbano (bancos e lixeiras); sinalização e iluminação, em trecho compreendido entre ruas Gomes Carneiro e avenida Dom Joaquim.
  • A avenida Duque de Caxias receberá recuperação do corredor de ônibus; capeamento asfáltico; construção de ciclovia (largura de 4,0 metros) e de travessias seguras; abrigos com base em concreto; construção de rampas de acessibilidade; paisagismo e mobiliário urbano; sinalização e iluminação. O trecho que receberá as intervenções é compreendido entre a BR-392 e a rua Professor Araújo.
  • A avenida Domingos de Almeida receberá pavimentação asfáltica – CBUQ; construção de abrigos; baias de concreto; ciclovias (largura de 2,5m) e rampas de acessibilidade; paisagismo e mobiliário urbano; sinalização e iluminação, em trecho compreendido entre avenida Juscelino K. de Oliveira e rua Comendador Rafael Mazza.
  • A avenida Ildefonso Simões Lopes terá construção de abrigos; baias de concreto; ciclovias (largura de 2,5m); rampas de acessibilidade; sinalização e iluminação,  entre o Loteamento Liberdade e rua Leopoldo Brod.
  • Será construída ciclovia na avenida Leopoldo Brod, com largura de 2,5 metros; sinalização viária;  iluminação pública e abrigos nas paradas de ônibus em trecho compreendido entre as avenidas Ildefonso Simões Lopes e Fernando Osório.
  • A rua Marechal Floriano Peixoto receberá construção de ciclovia; recuperação e alargamento de calçadas; construção de rampas de acessibilidade e abrigos; corredor de ônibus em concreto (entre General Osório e Santos Dumont); mobiliário urbano e paisagismo; capeamento asfáltico; sinalização e iluminação pública no trecho entre a Praça Coronel Pedro Osório e a rua Professor Araújo.
  • A avenida Juscelino K. de Oliveira terá pavimentação e capeamento asfáltico; construção de rotatórias, abrigos com baias de concreto, ciclovias dos dois lados da via e uma ponte; paisagismo e mobiliário urbano; sinalização e iluminação pública, nos seguintes trechos: entre a avenida Bento Gonçalves e rua Barão de Butuí; e entre as avenidas Domingos de Almeida e Ferreira Viana.
  • A rua Voluntários da Pátria receberá construção de rampas de acessibilidade, travessia segura; implantação de bicicletário padrão; mobiliário urbano (fradinhos, lixeiras, bancos) e sinalização e iluminação, em trecho compreendido entre as ruas Anchieta e Marechal Deodoro.
  • A rua General Neto terá construção de rampas de acessibilidade, travessias seguras; sinalização horizontal e vertical; implantação de bicicletário padrão e mobiliário urbano. O trecho que receberá a intervenção é compreendido entre ruas Andrade Neves e Professor Araújo.
  • A rua Dom Pedro II receberá construção de rampas de acessibilidade, travessias seguras, abrigos de ônibus; mobiliário urbano; sinalização horizontal e vertical e mobiliário urbano (banco e lixeiras), em trecho compreendido entre a rua Almirante Barroso e avenida Saldanha Marinho.
  • A rua Gomes Carneiro deverá receber pavimentação asfáltica; implantação de ciclofaixa de 2,50 metros; construção de abrigos de ônibus e rampas de acessibilidade; mobiliário urbano (bancos e lixeiras) e  sinalização horizontal e vertical, em trecho compreendido entre as ruas Félix da Cunha e Marechal Deodoro.
  • No calçadão central haverá troca do pavimento de ladrilho hidráulico; implantação do sistema de esgoto e drenagem; paisagismo e mobiliário urbano; sinalização horizontal e vertical; sistema de Iluminação com fiação subterrânea e abertura de pista para veículos. O trecho de intervenção é compreendido pelo calçadão da rua Andrade Neves mais trecho da rua Sete de Setembro.
  • A praça Coronel Pedro Osório receberá alargamento dos passeios; construção de rampas de acessibilidade; bicicletário padrão e sinalização horizontal e vertical.
  • A avenida Saldanha Marinho terá travessias seguras para pedestres; mobiliário urbano (bancos e lixeiras); paisagismo e tratamento fitossanitário da arborização; construção de rampas de acessibilidade; bicicletário padrão e sinalização e iluminação pública.
  • O Largo de Portugal receberá alargamento de calçadas e acessibilidade; sistema de iluminação; mobiliário urbano e paisagismo; construção de abrigo de ônibus e sinalização horizontal e vertical.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções