Diário da Manhã

domingo, 15 de dezembro de 2019

Notícias

Roger Ney ouve queixas sobre habitação popular

30 outubro
16:14 2013

Cerca de 50 pessoas inscritas nos planos de habitação popular da Município reuniram-se com o líder da Bancada do PP, vereador Roger Ney, apresentando reclamações sobre os critérios de adesão aos projetos. As alegações variaram desde problemas com as inscrições até a finalização dos processos, com a visita da assistência social.

Preocupado com a falta de informações oficiais, o líder progressista comprometeu-se em agendar reunião com o prefeito, com a presença de interessados, a fim de sanar as dúvidas. “Há pessoas inscritas há anos, que não possuem sequer número de cadastro para comprovação, enquanto outras já receberam a visita de assistente social. Também Roger Ney Câmaraexistem casos de interessados que perdem o sonho da moradia porque estão no trabalho, no horário da ida do serviço social a sua moradia”, disse o vereador Roger Ney, enfatizando que há necessidade de uma revisão urgente dos critérios adotados pelo setor.

Roger Ney, dia 11 deste mês, enviou à Prefeitura pedido de informações oficiais sobre recursos para habitação popular e projetos a serem executados. Está aguardando a resposta. “Quero, juntamente com a população, conhecer a realidade dos programas de moradia. É importante que haja transparência.” O vereador também informou aos interessados que é autor da Lei 5.876/2012, que viabiliza a regularização de lotes em loteamentos públicos do Município. “Isso foi um grande avanço para regularizar as ocupações, principalmente para famílias de baixa renda”.

Nos próximos dias, deverão ser definidos a data e horário da reunião com o prefeito Eduardo Leite, que poderá responder aos questionamentos dos interessados pessoalmente. “É uma questão de justiça dirimir todas as dúvidas desse pessoal humilde e necessitado, que sonha com uma casinha. A extinção da Secretaria de Habitação prejudicou o desempenho de todo o setor, que agora centraliza atendimento em um departamento dentro da Secretaria de Igualdade Social. Continuarei cobrando esclarecimentos e atendimento organizado e justo para aqueles que aguardam pela oportunidade de ter uma moradia.”

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções