Diário da Manhã

quarta, 05 de agosto de 2020

Notícias

SAÚDE : Médicos de Pelotas e Brasil depõem sobre situação dos clubes

18 março
14:57 2020

Mauro Pavesi e Guto Lahm conversaram com a imprensa sobre formas de prevenção e cuidados na dupla Bra-Pel

Por: Henrique König

A bola parou de rolar nos gramados do Rio Grande do Sul, com a suspensão dos Estaduais, tanto do Gauchão quanto da Divisão de Acesso. A maioria dos clubes está suspendendo suas atividades. Para isso, Pelotas e Brasil contam com a orientação dos departamentos médicos, mais do que nunca necessários, nesse momento de enfrentar a pandemia do Coronavírus.

O médico catarinense Mauro Pavesi, do Esporte Clube Pelotas, conversou com a Rádio Universidade sobre as orientações para o Lobo não adoecer a Alcateia.

Pavesi (esquerda) e Lahm (direita) representaram os departamentos médicos

Pavesi (esquerda) e Lahm (direita) representaram os departamentos médicos

“Entre terça e quarta, preparamos uma palestra para profissionais e jogadores, explicando sobre o vírus, como funciona e quais são os cuidados a serem tomados. Vamos orientar as medidas básicas de higiene e sobre o uso de objetos descartáveis, com álcool gel e desinfetantes. Queremos isso para evitar informações erradas. Temos um grupo de atletas jovens, mas não queremos criar vetores.”

“O contágio é tão preocupante quanto em outros locais de trabalho. Vamos seguir as orientações do Ministério da Saúde. Se houver sintomas, vamos avaliar esses jogadores e seus familiares”, garantiu Pavesi.

O médico pelotense Guto Lahm, do Grêmio Esportivo Brasil, explicou em coletiva de imprensa que o clube providencia os devidos cuidados com seus funcionários, que trabalham em períodos menores. Os jogadores e as categorias de base estão por ora dispensados dos treinamentos.

“O objetivo principal é tentar minimizar ao máximo o número de contágios”, afirmou Lahm. Ele conta ser a primeira vez que vivencia tamanha mobilização de quarentena.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções