Diário da Manhã

quarta, 24 de abril de 2024

Notícias

Alunos da UCPel participam do processo restaurativo da Igreja do Porto

Alunos da UCPel participam do processo restaurativo da Igreja do Porto
27 março
19:20 2024

Estudantes de Arquitetura e Urbanismo da universidade farão levantamentos patrimoniais e propostas de melhorias para a Igreja Sagrado Coração de Jesus

Visando trabalhar a temática do patrimônio cultural na Igreja Sagrado Coração de Jesus (Igreja do Porto) através da intervenção arquitetônica e urbana, alunos do 7º semestre de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) realizaram a primeira visita às obras de restauro da instituição. Os estudantes conheceram alguns dos desafios apresentados em um processo restaurativo, além de enxergarem de perto o desdobramento das obras.

A visita faz parte da curricularização da extensão dos alunos, que realizarão levantamentos patrimoniais e apresentarão propostas de melhorias para a Igreja do Porto. Para a professora de Arquitetura e Urbanismo da UCPel responsável pelo projeto, Daniele Luckow, é fundamental que o aluno trabalhe com a realidade. “É muito importante porque eles trabalham com o objeto real. Eles têm que dar uma devolutiva do que estão propondo, ou melhorando no caso do levantamento, então é uma experiência diferente, já que os alunos reconhecem a importância do trabalho deles”, relata. 

Com base nos aprendizados promovidos pelo contato direto com a restauração de um patrimônio, os estudantes poderão conhecer outro lado da arquitetura, que vai além da parte de interiores e escritórios convencionais. Daniele ressaltou a diferença na atribuição de valor a uma reforma patrimonial, em comparação com uma intervenção urbana comum, pois alguns elementos não podem ser substituídos, nem demolidos, demandando um cuidado especial no manejo das obras. Além disso, o projeto permite aos acadêmicos um contato contínuo com a comunidade, valorizando um bem público e social da cidade de Pelotas.

Aluno de Arquitetura e Urbanismo da UCPel, Mateus Batista destacou a relevância desta prática para o processo de sua profissionalização. “Poder participar dessa experiência é de suma importância para a minha formação enquanto arquiteto, uma vez que obras de restauro e reformas de edificações têm cada vez mais se tornado um mercado em ascensão, principalmente na cidade de Pelotas devido ao nosso vasto acervo patrimonial”, declarou.

Batista também comentou sobre a oportunidade de valorização das construções históricas da cidade de Pelotas: “Através dessa ação, podemos contribuir com a cidade para a valorização, educação e conscientização patrimoniais, pois a obra de restauração da Igreja do Porto não só beneficia as pessoas que frequentam as missas, como toda a população de Pelotas”, completa.

O projeto realizado pela Perene Patrimônio Cultural, com direção geral da arquiteta Simone Neutzling, tem como objetivo restaurar a cobertura da Igreja do Sagrado Coração de Jesus e salvar este patrimônio histórico, artístico e cultural do estado do Rio Grande do Sul.

 

Foto: Leandro Lopes

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções