Diário da Manhã

quarta, 24 de abril de 2024

Notícias

Autismo: busca pelo tratamento adequado é essencial

Autismo: busca pelo tratamento adequado é essencial
01 abril
14:02 2024

Pediatra do Desenvolvimento e Comportamento da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul salienta importância da intervenção precoce e individualizada no tratamento do autismo em crianças

Enquanto a compreensão do autismo e os métodos de tratamento têm evoluído significativamente ao longo dos anos, uma verdade permanece incontestável: não há um único caminho que funcione para todas as crianças no espectro. Cada indivíduo com autismo é único, com necessidades e desafios específicos. Neste contexto, o pediatra do Desenvolvimento e Comportamento da SPRS, Renato Santos Coelho, reforça que a individualização do tratamento se torna a chave para desbloquear o potencial de cada criança autista.

“Não existe uma abordagem única que funcione para todas as crianças no espectro autista, e é essencial adaptar o tratamento às necessidades individuais de cada criança. A intervenção precoce e a atenção aos sinais de alerta são fundamentais no tratamento do autismo. Quanto antes identificarmos e começarmos a tratar, melhores serão as perspectivas de desenvolvimento da criança”, afirma.

O médico pediatra desempenha um papel vital na identificação precoce do autismo, acompanhando o desenvolvimento das crianças desde os primeiros meses de vida. Durante essas consultas iniciais, o pediatra observa o desenvolvimento da linguagem e da comunicação da criança, bem como a interação social. Os sinais de alerta incluem a falta de resposta ao nome, a ausência de antecipação de movimentos e atrasos significativos na comunicação.

A SPRS ressalta a importância de buscar orientações de um profissional de saúde qualificado em caso de preocupações sobre o desenvolvimento de uma criança.

O Dia Mundial da Conscientização do Autismo, 2 de abril, foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), no ano de 2007. Essa data foi escolhida para levar informação à população para reduzir a discriminação e o preconceito contra os indivíduos que apresentam o Transtorno do Espectro Autista (TEA). O autismo é uma condição de saúde caracterizada por desafios em habilidades sociais, comportamentos repetitivos, fala e comunicação não-verbal; entretanto, terapias adequadas a cada caso podem auxiliar essas pessoas a melhorar sua relação com o mundo.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções