Diário da Manhã

terça, 30 de novembro de 2021

Notícias

Botafogo voltou a ser campeão em Pelotas após 90 anos

24 novembro
10:10 2021

O Botafogo foi campeão da Série B na cidade de Pelotas no último sábado (20), isto todo mundo sabe. Mas o botafoguense Carlos Eduardo, presente no blog Mundo Botafogo e no Momento Esportivo, destacou uma história bastante inusitada, em um resgate histórico que faz parte do cenário do futebol pelotense. A Estrela Solitária havia conquistado título na Boca do Lobo há 90 anos, em 1931. A seguir, o relato de Carlos:

Após 4 vices estaduais no fim dos anos 10 e a década de 20 “em branco”, os anos 30 chegaram com o Botafogo passando por um jejum incômodo de 18 anos sem grandes troféus. O presidente escolhido para mudar essa história foi Paulo Azeredo (1926-1936). Ele chegou reestruturando e modernizando o Botafogo, trazendo o técnico húngaro Nicolas Ladanyi (pai do futebol-moderno do Botafogo e um dos pioneiros da psicologia esportiva no país) para reconduzir um elenco recheado de craques aos títulos na década de 30. Com a imprensa tratando Ladanyi com desdém, chamando-o de “louco” e de “estranho” por ele ser psicólogo e entender que a parte mental influenciava muito dentro e fora de campo, a resposta dele e do clube viria no mesmo ano.

Já na edição de 1930, o clube finalmente sagrava-se campeão estadual daquele ano quebrando o jejum de títulos ao vencer o Fluminense por 3×2. E engana-se quem pensa que o Botafogo ficou sem taças importantes no ano seguinte, 1931: duas grandes taças à época vieram e foram levantadas: Copa dos Campeões Rio-SP e Taça Rio-Sul.

Pela primeira, o Botafogo enfrentou o Corinthians, perdeu por 2×0 em SP, mas venceu por 7×1 no RJ para ser campeão. Em 1920, 1931 e 1937 houve o embrião dos campeonatos nacionais, a organização pela Confederação Brasileira de Desportos (CBD) de uma Taça entre os campeões das federações de SP, RJ e RS. O Corinthians desistiu de última hora e o duelo ocorreu entre o Pelotas, campeão gaúcho, e o Botafogo, campeão carioca.

Em 8 de julho de 1931, o Botafogo venceu o Lobo por 3×2, no estádio da Av. Bento Gonçalves. Pelotas: Bordini; Antoninho, Grant, Marcial, Mascarenhas, Tristão Garcia, Benjamin, Ross, Tutu, Mário Reis e João Pedro. Tec: Janelli. Botafogo: Silvio, Octacilio, Rodrigues, Affonso, Benevenuto, Canalli, Alvaro, Martim, Carola, Juca e Celso. Tec: Ladanyi. Gols: Celso(2x) e Juca para o Botafogo, Marcial e João Pedro para o Pelotas. Assim decidiu-se a Taça Rio-Sul em um domingo na Boca do Lobo. 90 anos depois, o Botafogo saiu campeão da B no Bento Freitas ao vencer o Brasil por 1×0, gol de Diego Gonçalves.

Fontes da pesquisa de Carlos Eduardo: Arquivo Lobão, Datafogo e Mundo Botafogo.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções