Diário da Manhã

terça, 18 de maio de 2021

Notícias

BRASIL : Quatro jogos sem vencer

BRASIL : Quatro jogos sem vencer
13 abril
08:42 2021

Por: Henrique König

O Xavante precisa interromper uma sequência incômoda quando entrar em campo pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho 2021, no próximo domingo (18), às 20h, contra o São Luiz. A última vitória foi contra o São José, em Porto Alegre, no 5º compromisso. Àquela altura, o time abria vantagem para a zona de rebaixamento, mas a água voltou a subir. São quatro jogos sem o resultado positivo: empate com o Novo Hamburgo, derrota em casa para o Inter, derrota para o Ypiranga e o empate em casa no Bra-Pel.

O técnico Claudio Tencati ganhou tempo para trabalhar, coisa que não teve desde a virada de calendário para a temporada 2021. Após o final da Série B, o Xavante teve o breve período de férias e foi castigado com a pré-temporada curtíssima. Em relação ao Juventude, que subiu para Série A, o Brasil ainda apresenta condições financeiras mais agravadas com a falta de receitas na pandemia. Na preparação física, o veterano Walter Grassmann assumiu as funções no último final de semana.

Para dentro de campo, nas questões táticas, os reforços para Tencati testar são o volante Wesley Hudson, o meia Paulo Victor, titular inclusive no Bra-Pel, pela falta de opções no meio, e o centroavante Junior Viçosa,

jogador que veio da Bolívia e com toda sua grife para Série B. Everton Dias, Bruno Paraíba e Cristian estão no departamento médico. Já o lateral Artur e o atacante Jarro devem ser reavaliados para poderem atuar ou não.

Com a palavra, o vice-presidente Claudio Montanelli: “É uma semana de decisão, não temos como adiar mais. É fundamental para nossas pretensões no Campeonato Gaúcho. É quase uma guerra. Tudo que pudermos mobilizar e investir são para esse jogo contra o São Luiz”. O dirigente ainda agradeceu aos trabalhos de Natanael Noronha na preparação física, relevando que ele está no começo de carreira, e acredita nos trabalhos da nova metodologia com Walter Grassmann. Quanto às dificuldades para formar o grupo, reafirmou a falta de tempo e a montagem do plantel com o campeonato em andamento. Sobre a situação na tabela: “Não justifica, mas implica. Não existe mágica”, reiterou.

Com 9 pontos na tabela, o Brasil está empatado com o Novo Hamburgo. Na zona de rebaixamento, Esportivo com 8 e Pelotas com 7. Faltam duas rodadas para o final da primeira fase.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções