Diário da Manhã

terça, 24 de novembro de 2020

Notícias

Como investir na Bolsa?

Como investir na Bolsa?
23 outubro
11:15 2020

Se você tem a curiosidade de saber como são feitos os investimentos na bolsa, agora vai aprender um pouco mais sobre este universo

Muitas pessoas acreditam que precisa ser rico para investir na bolsa de valores, mas a verdade é que, com um valor muito pequeno, você pode fazer bons investimentos todos os meses para conseguir a sua liberdade financeira.

Por isso, trouxemos algumas dicas importantes para que deseja começar a aprender a investir na bolsa e ver o seu dinheiro render muito mais do que a poupança ou algumas outras aplicações de renda fixa.

A bolsa pode ser uma ótima opção para acumular patrimônio e nós te ajudamos a entender qual a melhor maneira de encarar este desafio.

Escolha uma boa corretora

O primeiro passo para investir na bolsa de valores é escolher uma boa corretora que vai intermediar a compra das ações. Antigamente este processo era muito mais complexo, mas hoje qualquer pessoa com maior de idade com CPF pode fazer investimentos em uma corretora.

Para quem está começando, o ideal é procurar corretoras seguras, com uma plataforma fácil de operar e que possuem taxas muito baixas ou zeradas para estes investimentos. Boas opções de corretora com corretagem zero são Rico, Clear e Banco Inter.

Se você não se importar de pagar taxas de corretagem e tiver um valor mais alto para investir todos os meses, outras boas opções de corretoras são a XP Investimentos e Modal Mais.

O bom de ter uma conta na corretora é a possibilidade de diversificação dos ativos. Com isso, é possível investir em ações na bolsa, fundos de ações, fundos de renda fixa, CDBs, LCI, LCA, Tesouro direto e muito mais, tudo em uma só conta. Mais abaixo nós explicaremos a importância dessa diversificação.

Além da diversificação, as corretoras atualmente oferecem muito conhecimento para facilitar os investimentos. Você consegue aprender como operar o home broker, escolher ações e muito mais, tudo pelos conteúdos gerados pela corretora.

Uma dica importante aqui é estar atento a corretora que você vai escolher, pois ela vai intermediar a sua compra de patrimônio e custodiar seus ativos. Por isso, ao fazer o seu cadastro, verifique se está no domínio oficial da corretora. Olhar o domínio é uma das formas de não fornecer seus dados a sites fraudulentos, você pode registrar seu domínio na Weblink.

Cofrinho

Crie uma reserva de emergência

Para começar a investir em ações na bolsa, o ideal é que primeiro se tenha uma reserva de emergência para estar amparado em momentos difíceis, como crises financeiras.

A bolsa de valores é um investimento muito instável e nunca se pode esperar um crescimento de patrimônio com constância. Então comece criando uma reserva de emergência para não ter que resgatar o dinheiro de suas ações tão cedo.

Para criar uma reserva de emergência você vai precisar juntar o equivalente a 6x até 12x o valor de suas despesas mensais. A quantidade de meses vai variar de acordo com a estabilidade do seu emprego. Quanto mais estável, menos meses será necessário juntar.

Este dinheiro deve ser investido em uma aplicação muito segura, garantida e com liquidez diária, já que nunca sabemos quando pode acontecer uma emergência. Ainda assim, existem aplicações melhores que a poupança para guardar sua reserva de emergência, como CDBs de bancos, NuConta e Tesouro Selic.

Estude sobre ações

Como já falamos, as corretoras oferecem conhecimento para te ajudar em seus investimentos. Ainda assim, é recomendado que o investidor saiba cada vez mais sobre como escolher boas ações para tomar melhores decisões para a sua carteira.

Para escolher boas ações, procure acompanhar especialistas em análises, relatórios e tudo que estiver ao seu alcance. A boa notícia aqui é que muitos desses conteúdos estão gratuitos no Youtube ou podem ser muito baratos.

Quanto mais você estudar sobre o assunto, mais vai entender como analisar as empresas para tomar decisões independentes. Além disso, estudar sobre investimentos pode mudar a sua mentalidade, fazer com que você enxergue as coisas como passivos e ativos e te ajudar a melhorar a qualidade da sua educação financeira.

Bolsa de Valores02

Diversifique seus investimentos

Você nunca deve colocar todo o seu dinheiro em uma só empresa. Quanto mais você diversificar, melhores serão suas chances de fazer crescer o seu patrimônio dentro da bolsa. Imagine que haja uma crise no setor em que você investe, como se proteger dos impactos que essa crise pode causar? Diversificando!

Por isso, escolha ações de boas empresas, de setores diferentes, ou até mesmo mais de uma empresa no mesmo setor. Veja a possibilidade de investir em ações no exterior, seja abrindo uma conta em uma corretora estrangeira ou por meio dos BDR (ações estrangeiras na bolsa brasileira).

Você também pode diversificar dentro da bolsa aplicando parte do seu patrimônio em fundos imobiliários. Estes fundos são cotas de um imóvel que recebe aluguel todos os meses. E esse aluguel é distribuído entre os cotistas e pode te trazer uma renda mensal, além da valorização do ativo.

Por fim, outra ótima maneira de diversificar é deixando parte do seu patrimônio em caixa para boas oportunidades. Frequentemente acontecem quedas no mercado que podem ser boas oportunidades para comprar boas empresas a preços mais baixos.

Se você tiver dinheiro em caixa, pode aproveitar as compras para ter um rendimento maior no seu patrimônio. Por isso, deixe parte do seu patrimônio em uma aplicação de resgate imediato, assim como a reserva de emergência, para ter dinheiro quando as boas oportunidades surgirem.

Investindo com pouco dinheiro 

Quem não entende nada de bolsa acredita que para investir é preciso de muito dinheiro. Quem entende um pouco, acredita que só é possível comprar ações por lotes de 100 ativos. Quem se aprofunda mais, sabe que é possível comprar ações no modo fracionário, pela quantidade que quiser.

Para comprar ações fracionadas, você só precisa acrescentar a letra F no final do código da ação. Geralmente essas ações tem a cotação um pouco diferente dos lotes de 100, mas não é um valor significativo para você se preocupar.

 

Com isso, se você tiver R$500 por mês para o investir em ações, opte por comprar diferentes ativos em modo fracionado, para diversificar e montar uma carteira com boas chances de crescimento.

Bolsa de Valores03

Invista pensando em longo prazo

Se você deseja investir em ações na bolsa, o recomendado é que você não conte com esse dinheiro para o curto ou médio prazo. Por isso, separe uma quantia para fazer aportes todos os meses de um valor que não vai te fazer falta de maneira alguma.

A bolsa muitas vezes pode cair, seja um dia, uma semana, um mês ou até mesmo um ano. Ainda assim, no longo prazo ela sempre se prova ser mais rentável do que aplicações de renda fixa.

Por isso, se você quer dinheiro para construir ou comprar uma casa, comprar um carro, fazer uma viagem ou qualquer outra meta que seja de curto ou médio prazo, não coloque este dinheiro na bolsa.

O ideal é acumular dinheiro para viver de renda passiva, ou seja, renda dos proventos das suas ações, fundos imobiliários e outras aplicações.

Reinvista os proventos

A última dica é para você que ainda não atingiu a sua liberdade financeira. Se você ainda não tem um patrimônio que te dá um bom salário todos os meses por meio de proventos (aluguel, dividendos, juros sobre capital), opte por reinvestir esses proventos até conseguir o seu patrimônio ideal.

Quando você reinveste o lucro que a bolsa te dá, você cria um efeito bola de neve dos juros compostos. Por isso, quanto mais você investir, mais você vai receber e poderá investir ainda mais até conseguir a sua liberdade financeira.

Essa é uma ótima forma de acumular riqueza até conseguir ter uma quantia relevante de patrimônio para viver de renda, dos proventos de suas ações e outros investimentos.

Conclusão

Gostou de saber um pouco mais sobre os investimentos na bolsa de valores? O ideal é que você invista todos os meses para conseguir seus objetivos financeiros.

Por isso, não tente ser imediatista e achar que vai ficar rico do dia para a noite com a bolsa de valores. Tente diversificar o máximo que puder, acompanhando toda a sua carteira de investimentos e escolha uma boa corretora para ser sua parceira nessa caminhada.

Não se esqueça de atentar as dicas de segurança, como a do domínio que comentamos. Isso pode te ajudar a ter mais segurança para não cair em fraudes na internet.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções