Diário da Manhã

quarta, 01 de dezembro de 2021

Notícias

 Mais recentes

Consumidores recorrem à compras parceladas mostra pesquisa

Consumidores recorrem à compras parceladas mostra pesquisa
03 novembro
09:03 2021

Federação Varejista do Rio Grande do Sul alerta que recurso é um aliado do consumidor mas precisa ser usado com moderação

Diante da impossibilidade de comprar o produto ou serviço à vista, o consumidor tem recorrido com bastante frequência ao parcelamento. O alerta da Federação Varejista do Estado do Rio Grande do Sul e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) é para que os consumidores façam um controle adequado de suas despesas pessoais. Dividir o valor de uma compra em várias prestações é um hábito comum do consumidor brasileiro, mas é preciso ter cuidado para que o uso do crédito não se transforme em uma armadilha para o bolso.

“As compras à prazo exigem um bom controle das finanças pessoais para evitar dívidas ao longo do tempo”, avalia o presidente da Federação Varejista do Estado do Rio Grande do Sul, Ivonei Pioner.

Levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o Sebrae, aponta que 39% dos consumidores entrevistados tinham prestações de compras no cartão de crédito, cartão de lojas, crediário ou cheque pré-datado a pagar no mês anterior à pesquisa. Também indica que 14% pagaram ao menos uma parcela de empréstimo, sendo que o número médio de prestações pagas foi de 2,5. A forma preferida de parcelar compras da maioria dos entrevistados é através do cartão de crédito, citado por 71%. Em seguida, aparecem o crediário (6%) e o cartão de loja (6%). Menos de 1% dos entrevistados citou o cheque pré-datado.

“O crédito é uma porta de acesso ao consumo, mas precisa ser utilizado com sabedoria. Um dos problemas acarretados pelo uso inconsciente do crédito é o superendividamento. O controle financeiro é fundamental para evitar esse tipo de problema”, orienta o presidente da CNDL, José César da Costa.

Alimentos lideram o pagamento das compras à vista e eletroeletrônicos lideram compras a prazo. O pagamento à vista também se destaca na maioria das vezes: nas compras de remédios (60%), sendo que 31% usam o cartão de débito e 25% usam dinheiro; nos serviços de beleza (65%), seja através de dinheiro (30%), de cartão de débito (20%) ou mesmo PIX (14%); e no pagamento de comida fora de casa (62%), sendo que 31% usam cartão de débito para esse consumo e 19% adotam o dinheiro. Duas categorias de bens mostraram maior preferência pelo pagamento a prazo: é o caso de roupas e acessórios, que 52% dos consumidores preferem deixar para pagar utilizando crédito e eletroeletrônicos (60%).

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções