Diário da Manhã

terça, 24 de novembro de 2020

Notícias

Decisão do TRE/RS muda fotografia da Câmara de Vereadores de Pelotas

20 novembro
14:55 2020

Quatro dias após a eleição municipal deste ano, a fotografia da nova Câmara Municipal de Pelotas “ganha” nova imagem, diferente da que foi divulgada após a contagem dos votos. É que nesta quinta-feira (19) o plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Sul acatou por unanimidade recurso do Partido dos Trabalhadores (PT) e considerou válida a candidatura de Rafael Martinelli.

Antes, a Justiça Eleitoral havia considerado inválido o registro/filiação de Martinelli.

Com a decisão, a legenda petista ganhou mais 595 votos, os quais beneficiaram o candidato Sidnei Fagundes.

Após a decisão no TRE/RS, o PT ganha mais uma cadeira no Legislativo, enquanto o Partido Progressistas (PP) perde uma. Quem perde a vaga é Rafael Amaral, o qual somou 1.980 votos. Sidnei Matias teve 1.065 votos.

Com a “dança” das cadeiras legislativas, o PP que estava com três assentos ficará com dois, mesmo número do PT, que na fotografia inicial apresentava apenas Miriam Marroni.

A assessoria jurídica do PP vai recorrer da decisão do TRE/RS.

CURRÍCULO

Sidnei Fagundes é ex-cobrador de ônibus, função na qual atuou durante 12 anos. Durante outros 22 anos trabalhou na Câmara Municipal, nas assessorias de Valnei Tavares, Otávio Soares e Miriam Marroni.

É fundador do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Pelotas, tendo sido presidente da entidade por diversas vezes. Também atuou no gabinete regional, em Pelotas, da deputada Miriam Marroni e do deputado Nelsinho Metalúrgico. Atualmente é assessor do deputado estadual Fernando Marroni, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Antes de chegar como vereador, na Câmara Municipal, Matias já havia tentado outras duas vezes: em 2012, conquistou 1.731 votos; em 2016 foram 1.759, ficando na suplência.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções