Diário da Manhã

terça, 15 de junho de 2021

Notícias

Embalado para se manter 100%

29 janeiro
08:41 2014

Brasil busca terceira vitória no Campeonato Gaúcho contra o Grêmio, às 22h, no Bento Freitas

Embalado pela conquista de duas vitórias nas duas primeiras partidas pelo Campeonato Gaúcho, o Brasil espera celebrar com a torcida rubro-negra mais uma grande conquista na noite desta quarta-feira. Às 22h, o time xavante entra em campo para enfrentar a equipe sub-20 do Grêmio pela quarta rodada do Gauchão. A vitória representa a manutenção dos 100% de aproveitamento e as primeiras colocações na tabela de classificação da competição.

Com um jogo a menos em relação aos concorrentes do Grupo A em função do adiamento do jogo da segunda rodada, contra o São Paulo, o Brasil é o segundo colocado, com seis pontos. Está ao lado do Juventude e atrás do Internacional. Mas por aproveitamento se iguala ao Colorado. Nos primeiros jogos, as vitórias de 2 a 0 diante do Cruzeiro no Bento Freitas e por 1 a 0 contra o Caxias, no Centenário.

O Grêmio vai usar a equipe sub-20 nesta partida. Mas isso não diminui o respeito que o Brasil manifesta pelo adversário. “O que me preocupa em primeiro lugar é que, se o jogador está no Grêmio é porque tem qualidade. Me preocupa também é a ambição desse jogadores, que querem estar no grupo principal do Grêmio”, comenta o técnico Rogério Zimmermann, que por 10 anos trabalhou na base do tricolor porto-alegrense.

O Brasil – do capitão Leandro Leite e do artilheiro Alex Amado – espera correr para comemorar mais uma vitória Foto: Carlos Insaurriaga/Assessoria GEB

O Brasil – do capitão Leandro Leite e do artilheiro Alex Amado – espera correr para comemorar mais uma vitória
Foto: Carlos Insaurriaga/Assessoria GEB

No jogo desta noite, Zimmermann deve repetir a escalação da partida em Caxias – mesmo que Raulen esteja recuperado de lesão. O lateral direito ficou de fora do último jogo por uma decisão preventiva do departamento médico e da comissão técnica. Wender segue na posição. Assim, a escalação não deve ter surpresa. A repetição é uma das virtudes desta equipe do Brasil – algo que se mantém neste começo de Gauchão.

O Grêmio não contará com os três jogadores, que, domingo, estiveram disputando um amistoso pela Seleção Brasileira da categoria sub-21, diante do México, em Santos. O técnico Marcelo Mabília resolveu deixar Tinga, Matheus Biteco e Yuri Mamute fora da partida em Pelotas. O ex-xavante Leandro Canhoto deve ficar como alternativa no banco de reservas.

Brasil alcança os cinco mil sócios

O Brasil ultrapassou a marca dos cinco mil associados. No site do movimento Por um Futebol Melhor (futebolmelhor.com.br), o clube pelotense aparece na 25ª posição do ranking, com 5.132 associados. Uma marca histórica e uma meta perseguida pelo presidente Ricardo Fonseca desde que chegou ao comando do Xavante em novembro de 2011. A boa arrancada no Campeonato Gaúcho serviu para impulsionar a campanha.

Boa parte desses cinco mil associados estará no Bento Freitas nesta quarta-feira para acompanhar a partida diante do Grêmio pelo Gauchão. A gerente da central de sócios do clube, Maria do Socorro Antero, informa que uma equipe de 30 pessoas vai trabalhar na recepção ao associado, antes de o início da partida desta noite. “Procuramos dar o máximo de conforto aos nossos sócios”, salienta.

Ficha Técnica

BRASIL

Luiz Müller; Wender. Cirilo, Fernando Cardozo e Rafael Forster; Leandro Leite, Washington, Cleiton e Elton; Alex Amado e Gustavo Papa. Técnico: Rogério Zimmermann.

GRÊMIO

Follmann; Spessato, Rafael Thyere, Canavésio e Breno; Guilherme Amorim, Moises, Jefferson e Luan; Everton e Everaldo. Técnico: Marcelo Mabília.

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas. Horário: 22h. Preços dos ingressos: arquibancada – R$ 40,00; idosos e estudantes – R$ 20,00; área social – R$ 70,00; torcida do Grêmio – R$ 50,00. Árbitro: Eleno Todeschini; assistentes: Lúcio Beiersdorf Flor e Edemar Palmeira.

Retrospecto

Há quase 20 anos, o Brasil não perde para o Grêmio, no Bento Freitas, em jogo válido pelo Campeonato Gaúcho. A última derrota foi no dia 19 de junho de 1994, quando o Tricolor ganhou por 3 a 1. Depois disso houve empate por 1 a 1 em 1995 e 97; 0 a 0 em 1998; em 2005, o Brasil ganhou uma vez por 1 a 0 e empatou outra por 1 a 1; e em 2007, outra vitória rubro-negra por 1 a 0. 

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções