Diário da Manhã

terça, 20 de abril de 2021

Notícias

GAUCHÃO : Pelotas perde para o Aimoré e Ricardo Colbachini está fora

GAUCHÃO : Pelotas perde para o Aimoré e Ricardo Colbachini está fora
26 março
08:59 2021

Por: Henrique König

 

O Lobo não consegue vencer na Boca. No quarto compromisso pelo Campeonato Gaúcho em seus domínios, agora são dois empates e duas derrotas. O Pelotas teve produção ofensiva, mas não converteu em gols e acabou derrotado para o Aimoré pelo placar de 2×1. O Indio Capilé abriu vantagem de 2×0 no primeiro tempo e Marcão, de pênalti, apenas descontou na etapa final.

O técnico Ricardo Colbachini não resistiu à sequência de maus resultados. Ele estava no clube desde a reta final do último Gauchão, quando não evitou que o Pelotas terminasse na última posição. Na Série D do Brasileiro, o clube batalhou, mas acabou eliminado ainda na fase de grupos. No Gauchão, apenas uma vitória nos seis primeiros jogos.

Com a derrota para o Aimoré, o Pelotas fica com 6 pontos em 6 rodadas. Já o Aimoré, que vinha de três derrotas consecutivas, voltou a vencer e disparou para 9 pontos.

O Pelotas atacou bastante na partida. Aos 5’, já tinha conclusão para fora com o volante Juliano. Mas, no minuto seguinte, sofreu o primeiro gol. Luis Soares, que já havia feito o da vitória sobre o Xavante no Gauchão, abriu o placar para o Aimoré.

Bustamante recebeu passe de Marcão e finalizou de canhota pela linha de fundo, aos 10 minutos. Novamente o Pelotas era melhor na partida, mas o Indio Capilé ampliou com o bom meio-campista João Denoni, de formação na base palmeirense. 2×0 para os visitantes.

Em seguida, aos 20’, Gabiga cruzou e José Aldo, começando como titular, desviou de cabeça para fora. Aos 39’, João Vieira teve grande chance, mas o goleiro Raul salvou o Aimoré.

Muito atrás do prejuízo, o Pelotas voltou do vestiário tentando pressionar. O Aimoré de Gilson Maciel recuou e a pressão era forte na Boca do Lobo.

O gol de desconto veio aos 20 minutos. Marcão tentou a bicicleta no lance e o árbitro viu toque de mão na área: pênalti. O próprio Marcão cobrou e reduziu a diferença pra 2×1.

Marcos Paulo havia entrado no lugar do garoto Thomas Luciano, o lateral que substituía o suspenso Marcelo. Wesley, que dessa vez iniciou do banco, entrou no lugar do paraguaio Bustamante. Aslen no lugar de José Aldo e, por último, Caio Mancha no lugar do já cansado Marcão, foram as últimas cartadas de Ricardo Colbachini. Com volume de jogo, faltava o gol de empate. Pelotas teve oportunidades na bola parada, mas não conseguia converter.

Aos 48’, um cruzamento fechado e o goleiro Raul fez um milagre para salvar o Aimoré, no bate-rebate da grande área. No contra-ataque, Gabriel Leite, esperto, cortou para o Pelotas.

Ricardo Colbachini juntou suas coisas no vestiário e agora parte para novos rumos.

No último instante, um escanteio a favor e até o goleiro Gabriel Leite foi para área adversária. Na segunda tentativa, cruzamento de Aslen e o goleirão cabeceou a bola para fora. Foi a última oportunidade áureo-cerúlea na noite. Com anúncio oficial da demissão aos 24 minutos pertencentes a sexta-feira (26), Ricardo Colbachini juntou suas coisas no vestiário e agora parte para novos rumos.

FICHA TÉCNICA: PELOTAS 1×2 AIMORÉ

PELOTAS: Gabriel Leite; Thomas Luciano (Marcos Paulo), Mauricio, Silvio e Gabiga; Moisés, Juliano, João Vieira; Bustamante (Wesley), José Aldo (Aslen) e Marcão (Caio Mancha). Técnico: Ricardo Colbachini.

AIMORÉ: Raul; Bruno Ferreira, Renato, Darlan e Lucas Sampaio; William Mineiro, João Denoni, Guilherme Belea, Marcelinho, Isaias e Luís Soares. Técnico: Gilson Maciel.

  • GOLS: Marcão (PEL) | Luis Soares e João Denoni (AIM)
  • ÁRBITRO: Anderson Farias, com Rafael Alves e Luiza Reis
  • HORÁRIO e LOCAL: 22h, na Boca do Lobo, em Pelotas
  • Partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Gaúcho

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções