Diário da Manhã

quinta, 20 de junho de 2024

Notícias

HU-Furg participa de operação especial para transferência de pacientes críticos

HU-Furg participa de operação especial para transferência de pacientes críticos
20 maio
13:29 2024

Avião da Força Aérea Brasileira foi mobilizado para a realizar a remoção dos pacientes internados

Uma grande operação para transferência de cinco pacientes em cuidados intensivos internados no Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr., da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg), vinculado Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), foi realizada no domingo (19/05), com a participação da aeronave C-105 Amazonas da Força Aérea Brasileira (FAB). Na operação foram transportados dois pacientes adultos e três bebês que estavam internados na UTI Neonatal do Hospital. A transferência faz parte da decisão Governo do Estado e do Município, em conjunto com o HU-Furg/Ebserh, de transferir os pacientes devido ao Hospital estar com seus acessos comprometidos em razão da inundação provocada pela Lagoa dos Patos.

Os trabalhos iniciaram na manhã de domingo, com a preparação dos pacientes que seriam transportados. Conforme a chefe da UTI Neonatal do HU-Furg, Renata Novo, tratou-se de uma transferência muito delicada, pois são pacientes que estão graves, em ventilação mecânica, tendo um deles apenas 700 gramas. “Toda a transferência requer muito cuidado e monitoramento, mas sabemos que é necessário a remoção para que eles sigam seu tratamento em um local seguro”, destacou Renata.

Pacientes foram transferidos após planejamento cuidadoso. Fotos: Alam Bastos

O avião pousou no aeroporto de Rio Grande por volta das 16h. Neste mesmo momento, as equipes do HU-Furg, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Serviço Municipal de Urgência (SMU), Secretaria de Município da Saúde (SMS) e Corpo de Bombeiros de Rondônia, estavam mobilizadas para realizar o transporte dos pacientes, que ainda contou com os profissionais da FAB. Primeiro foram removidos os pacientes adultos e transportados em duas ambulâncias para o Aeroporto. Após embarcarem na aeronave, foi a vez de transportar os bebês prematuros com auxílio de três ambulâncias. A retirada dos pacientes do HU-Furg foi realizada por meio de uma ponte de madeira construída sobre a rua General Osório que leva à Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande. Após percorrer o interior do Hospital, foi necessário utilizar uma segunda ponte que liga a unidade de saúde à praça São José do Norte, onde estavam as ambulâncias que foram deslocadas ao aeroporto.

Os pacientes deixaram Rio Grande próximo das 19h, quando a aeronave decolou tendo como destino à Base Aérea de Canoas, de onde os pacientes serão encaminhados ao Hospital da Ulbra (1 adulto), em Canoas, para a Santa Casa de Porto Alegre (1 adulto e 2 bebês) e para o Hospital Divina Providência (1 bebê), também na capital gaúcha.

O Núcleo de Regulação Interna (NIR) do HU-Furg, por meio do sistema de Gerenciamento de Internações Hospitalares (Gerint) do RS, já transferiu aproximadamente 50 pacientes para hospitais da Região Sul e Metropolitana. Atualmente, o Hospital encontra-se com sete pacientes internados, das áreas de clínica médica, pediátrica, traumatologia e de cirurgia geral, que estão aguardando leito.

Com a nova realidade o HU-Furg está mobilizando suas equipes e equipamentos para dar apoio em outras unidades de saúde, visando garantir a continuidade do atendimento aos usuários do SUS.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções