Diário da Manhã

terça, 15 de junho de 2021

Notícias

Índice de bullying em São Lourenço do Sul é semelhante ao das capitais brasileiras

21 janeiro
14:46 2014

Nas escolas de Ensino Fundamental do município de São Lourenço do Sul, 28,9% das crianças relataram ter sofrido algum tipo de bullying. Mesmo sendo uma localidade pequena, de 43 mil habitantes, o índice é semelhante ao encontrado pela Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE) nas capitais brasileiras. Os dados do município da região Sul foram apurados em pesquisa do curso de Psicologia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), no fim de 2013.

A acadêmica Andressa Schuch, orientada pelo professor Tiago Neuenfeld Munhoz, buscou verificar a prevalência e os fatores associados ao bullying entre alunos matriculados do 6º ao 9º ano nas escolas municipais de Ensino Fundamental das áreas urbana e rural de São Lourenço. Os jovens participantes do estudo, que tinham entre 11 e 15 anos ou mais, responderam a perguntas também sobre condições demográficas, socioeconômicas, comportamentais e de saúde mental.

Cerca de um a cada três estudantes tinham sofrido bullying no último mês. “É um número alto para um município pequeno”, avaliou o professor orientador. A pesquisa indicou, ainda, que, dentre as vítimas, 23,8% apresentaram problemas de saúde mental. No entanto, de acordo com o professor, não há como saber se isso é decorrente do bullyingou causa dele.

A pesquisa apontou também que a prevalência de bullying foi maior entre os filhos de chefes de família com menor escolaridade e entre aqueles estudantes que já haviam feito uso de álcool no último mês.

Dentre os que sofreram algum tipo de bullying, o gênero mais recorrente mencionado foi o verbal (92,9% relataram), seguido do material e físico (78,6%) e do psicológico e moral (54,8%). Meninos e meninas apresentam prevalências similares de vitimização.

Na avaliação do professor, o tema deve ser visto com atenção, já que tem relação com o rendimento escolar, o relacionamento com colegas e até com problemas de saúde mental que possam se desenvolver mais gravemente no futuro – neste caso, em uma menor parcela da população. “Muitos acham que bullying sempre ocorreu e sempre se ‘sobreviveu’, mas não é por isso que vai se menosprezar essa questão se podemos lidar com ela de forma diferente”, ressaltou o docente. “O bullying vem da incapacidade de lidar com diferenças e reflete a sociedade em geral, que tem essa dificuldade”, disse.

O que é o bullying

Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termobullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato.

Palavras-chave

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções