Diário da Manhã

sexta, 05 de março de 2021

Notícias

Mais 4.850 doses da vacina contra Covid chegam a Pelotas

Mais 4.850 doses da vacina contra Covid chegam a Pelotas
26 janeiro
14:37 2021

Durante transmissão ao vivo pelas redes sociais realizada na tarde de segunda-feira (25), a prefeita Paula Mascarenhas anunciou que Pelotas recebeu a segunda remessa da vacina contra o coronavírus. São 4.850 doses, que se juntam às 5.650 recebidas na primeira remessa para vacinar os cerca de 18 mil profissionais da saúde da cidade. Destes, cerca de 2 mil atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

 

Na live, a prefeita mencionou a lista, recomendada pelo Governo do Estado, de quem terá prioridade para receber as doses, e respondeu as perguntas mais frequentes da população. Paula explicou que a ampliação do processo de vacinação dependerá da quantidade de doses que serão entregues ao Município.

 

No entanto, mesmo que seja lenta, é importante dar valor ao fato de a imunização já ter iniciado. “Nós começamos um processo que não tem mais volta, não vamos mais retroceder. Daqui, só vamos avançar”, completou a chefe do Executivo. De acordo com o Vacinômetro, sistema de monitoramento da vacinação no Estado, 1.267 doses já foram aplicadas em Pelotas.

Vacinação

Foram 116 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde ao Rio Grande do Sul. Dessas, 9.500 são destinadas aos 22 municípios que compõem a 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (3ª CRS). Pelotas recebeu 4.850 doses da vacina, que foi desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca. De acordo com as recomendações do Governo do Estado, os profissionais da saúde continuam sendo o público-alvo.

A lista de prioridades se dará da seguinte forma:

– UTI e CTI COVID-19;

 

– rede de Urgência e Emergência – UPA, SPA e SAMU;

– unidade de internação clínicas para COVID-19;

– ambulatórios – primários ou secundários – com atendimento exclusivo para pacientes com sintomas de COVID-19, incluindo Equipes de Atenção Domiciliar especializada em COVID-19;

– coletadores de Swab nasofaringe e orofaríngeo (apenas os coletadores);

– ambulatórios ou unidades de saúde com atendimento ou avaliação de sintomáticos respiratórios;

– clínicas de hemodiálise, quimioterapia ou radioterapia, cuidados Paliativos, oncologia entre outros serviços que realizem assistência direta a pacientes com imunossupressão;

– áreas não COVID-19 de hospitais e demais hospitais (não Covid);

– demais Ambulatórios E pronto atendimento não COVID-19 – incluindo outras unidades de Atenção Primária; e,

– consultórios e laboratórios – demais profissionais de saúde que realizam atendimentos eletivos ou assistência ao público em geral.

Atividades em teatros e casas de espetáculos podem retornar

Na transmissão, a prefeita Paula Mascarenhas também citou a possibilidade de retorno dos eventos em locais como teatros e casas de espetáculos. Ela se reuniu, na tarde desta segunda-feira (25), com líderes do grupo SOS Eventos, que representam os promotores de eventos, músicos, donos de estabelecimentos como bares e restaurantes.

Na ocasião, foi acordada a possibilidade da reabertura destes locais se houver a manutenção da bandeira laranja em Pelotas por duas semanas consecutivas. O retorno se dará conforme protocolos determinados pelo Governo do Estado, e as determinações específicas serão confirmadas.

 

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções