Diário da Manhã

quinta, 20 de junho de 2024

Notícias

Pelotas registra menor número de roubos a pedestre desde 2003

Pelotas registra menor número de roubos a pedestre desde 2003
25 abril
19:16 2024

Também há queda em índices de violência contra a vida e demais crimes patrimoniais. Dados foram apresentados em reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) nesta quinta-feira (25)

Pelotas está mais segura em 2024. Os três primeiros meses do ano registraram quedas significativas no número de ocorrências de crimes de roubo a pedestre e ao transporte público, com reduções que alcançam as marcas de 80% e 86,8% respectivamente. No caso de roubo a pedestre, foi o melhor índice da série histórica iniciada em 2003. Os números foram apresentados pelo Observatório de Segurança Pública, durante a reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), na manhã desta quinta-feira (25), no Pelotas Parque Tecnológico. A prefeita Paula Mascarenhas acompanhou a divulgação dos dados junto às demais autoridades das forças de segurança.

Conforme os índices apresentados pelo Observatório de Segurança Pública, todos os crimes analisados seguem apresentando reduções, resultado de um trabalho cooperativo e integrado entre as gestões e as forças de segurança do Município.

“Tivemos uma reunião muito produtiva, com números extremamente positivos. Seguimos com uma ótima redução, no primeiro trimestre de 2024, de todos os índices criminais, dos crimes contra a vida e também dos patrimoniais, sendo esses os que apresentaram as maiores quedas. Esse resultado mostra o desempenho do trabalho integrado e consolida nosso Pacto Pelotas pela Paz, como o grande programa de segurança pública que vem mudando a vida de todos os pelotenses”, comemorou a prefeita.

De acordo com o Boletim de Informações Criminais, a média das ocorrências de assaltos a pedestres registrada nos três primeiros meses de 2024 foi a melhor da série histórica. Enquanto nos últimos anos o Município registrava médias próximas a 90, desse tipo de delito, em 2024 o número alcançou a média de 54 casos.

Outro tipo de ocorrência que apresentou reduções significativas foi o de registros de roubos a residências. Segundo os dados do Observatório de Segurança Pública, a média das ocorrências registradas, nos três primeiros meses de 2024, foi a melhor desde 2003. Quando analisados, separadamente, os meses de janeiro e fevereiro de 2024 aparecem como os melhores da série histórica, com o total de uma e zero ocorrências respectivamente.

Quanto aos roubos ao transporte público, foi registrado o melhor janeiro da série e a segunda melhor média trimestral, contabilizando o total de sete ocorrências nos primeiros três meses do ano. Dessas, apenas duas no transporte coletivo.

A reunião do GGI-M contou com a participação dos representantes da Brigada Militar, da Polícia Civil, da Guarda Municipal, da Polícia Rodoviária Federal, da Defesa Civil, do Observatório de Segurança Pública e dos agentes de Trânsito, além dos secretários de Segurança, Cintia Aires, de Transporte e Trânsito, Flávio Al-Alam e da coordenadora do Pacto Pelotas pela Paz, Aline Crochemore.

 

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções