Diário da Manhã

sexta, 21 de junho de 2024

Notícias

Pérolas Negras a partir de hoje em todas as plataformas digitais

Pérolas Negras a partir de hoje em todas as plataformas digitais
16 fevereiro
09:13 2024

O Show Pérolas Negras reúne 3 mulheres negras importantíssimas da nossa cultura musical de todos os tempos à frente de um repertório que abrange gêneros e estilos diversos

Marcelo Gonzales

@celogonzales @vidadevinil

Com a promessa de lançamento de um disco de vinil ainda nesse primeiro semestre de 2024, o show Pérolas Negras, das incríveis Alaíde Costa, Eliana Pittman e Zezé Motta acaba de ser lançado em CD e em todas as plataformas digitais.

Acontece hoje, no SESC Pinheiros, um show com essas três artistas pra lá de talentosas, onde, simultaneamente está sendo lançado o CD e o acesso ao streaming das canções do Show Pérolas Negras. Com a direção artística e produção de Thiago Marques Luiz esse lançamento já está dando o que falar.

Carisma e simpatia

Os principais motivos de tanto alarde –além do inegável talento das três- se deve ao imenso carisma que elas possuem nas redes sociais aliado a simpatia e carinho com o público. Um amigo meu, André Cardoso, lá de Jacareí, interior de São Paulo, um grande colecionador de discos de vinil e um verdadeiro caçador de autógrafos, comentou comigo sobre certa vez estar organizado para ir no show de Alaíde Costa e ao fazer contato com a artista pelas redes sociais foi prontamente respondido os autógrafos concedidos com muita atenção dela.

Dedicado à reflexão sobre a participação e contribuição de compositoras e compositores negros na música brasileira, o Show Pérolas Negras reúne 3 mulheres negras importantíssimas da nossa cultura musical de todos os tempos à frente de um repertório que abrange gêneros e estilos diversos, de Cartola a Salgadinho, passando por Milton Nascimento, Candeia, Jorge Ben, Jhonny Alf, Martinho da Vila, Gilberto Gil, Luiz Melodia, Djavan, Leci Brandão, Paulinho da Viola, Ataulfo Alves, entre outros.

Alaíde Costa está atualmente em estúdio gravando o segundo álbum da trilogia produzida por Emicida, Puppilo da Nação Zumbi e Marcus Preto e bem pertinho de fazer 88 anos segue firme nos seus 70 anos de carreira!

Eliana Pittman, que ficou 17 anos longe dos estúdios, anunciou em 2019 o disco “Hoje, Ontem e Sempre” com gravações de “Drão” (Gilberto Gil), “Preciso me Encontrar” (Candeia), entre outras interpretações que brilham em sua voz.

Zezé Motta, com mais de 50 anos dedicados à cultura no nosso Brasil, me lembro quando a conheci, enquanto eu apresentava a 2ª Edição do festival Cine Tamoio, em São Gonçalo, lá nos anos de 2017 seu carinho em se deslocar até a cidade e assistir nossa performance, muito sorridente e atenta a tudo que apresentávamos! 55 anos de carreira!

Recebi um rico material por parte do Paulo Henrique de Moura, diretor artístico da Companhia de Discos do Brasil, que juntamente com a Nova Estação estão lançando esse valioso material. Claro, que como colecionador de discos de vinil já estou na fila para adquirir um exemplar, vamos torcer pelo preço, enfim, de uns tempos para cá a indústria do vinil deu uma inflacionada por contas dos inexperientes e oportunistas vendedores de coleções alheias em que todo se apresenta como sendo raridade, mas essa é uma outra história.

Não deixem de escutar esse primoroso show, uma verdadeira peça de luxo na cultura brasileira, comprem o CD e comprem o vinil! Depois me contem o que acharam. E, antes tarde do que nunca, um destaque ao trabalho gráfico de Leandro Arraes, que, entre outras capas, fez um excelente trabalho nessa que ilustra nossa matéria.

Faixas

Eliana Pittman:

1 – Canto das três raças (Mauro Duarte / Paulo César Pinheiro) | Fim de reinado (Martinho da Vila)

2 – Sala de recepção (Cartola)

3 – Preciso me encontrar (Candeia)

4 – Oceano (Djavan)

 Alaíde Costa:

5- Me deixa em paz (Airton Amorim / Monsueto)

6 – Infidelidade (Ataulfo Alves / Américo Seixas)

7 – Eu e a brisa (Johnny Alf)

8 – Recado à minha amada (Juninho Araújo / Salgadinho)

 Zezé Motta:

9 – Dengue (Lecy Brandão)

10 – Tigresa (Caetano Veloso)

11 – Estácio, Holly Estácio (Luiz Melodia)

12 – Minha missão (João Nogueira / Paulo César Pinheiro)

Ficha técnica

Uma produção da Companhia de Discos do Brasil e Nova Estação

Vozes: Alaíde Costa, Eliana Pittman e Zezé Motta

Produção e direção artística: Thiago Marques Luiz

Diretor artístico Companhia de Discos do Brasil: Paulo Henrique de Moura

Projeto gráfico: Leandro Arraes

Fotos: Murilo Alvesso

Guitarra, cavaquinho e direção musical: João Barros

Violão de 6 e 7 cordas: Gabriel Deodato

Bateria e percussão: Fábio Faustino

Contrabaixo: Emerson Marciano

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções