Diário da Manhã

sábado, 10 de abril de 2021

Notícias

TEATRO : Coletivo MeiaOito promove estudos sobre dramaturgia

TEATRO : Coletivo MeiaOito promove  estudos sobre dramaturgia
07 abril
08:59 2021

Grupo teatral independente oferece sete vagas para pesquisa e elenco

Por Carlos Cogoy

Lizi Fonseca é diretora executiva do grupo

Lizi Fonseca, Lucas Ribeiro Galho e Tais Galindo. Três jovens talentos que reúnem experiência e formação teatral. Eles estão à frente do Coletivo MeiaOito, que está em atividade há quatro anos. A ideia é aliar pesquisa teórica e ações cênicas. Na trajetória, montagens como “Cartão Postal” e “(Hu)Manos”. Com a pandemia, as apresentações foram interrompidas, mas o grupo prosseguiu desenvolvendo pesquisas. Assim, em agosto, dependendo das condições sanitárias no País, provável estreia de “Oslo”, autoria do dramaturgo português Mickaël Oliveira. Até lá, o Coletivo pretende ampliar o elenco. Assim, o grupo divulga sete vagas para a formação online, com leituras e debates, e posteriormente a encenação. A inscrição deve ser feita através do formulário, disponibilizado no Instagram: @coletivomeiaoito. Informações no email: [email protected]

PESQUISA – A trupe do Coletivo explica: “O único critério para participar é querer estudar, e trocar experiências sobre o teatro, mesmo que elas sejam pequenas. Acreditamos que o princípio fundamental para o fazer teatral é, acima de tudo, a vontade genuína de estar em constante formação. Portanto, o único requisito é querer estudar e, assim que a pandemia passar, ir para o palco conosco. Os encontros serão virtuais, todas as segundas feiras, e a metodologia será baseada na leitura e discussão de livros, dividindo-se em três blocos. O primeiro vai ser sobre a encenação contemporânea, o segundo sobre dramaturgia contemporânea, e o terceiro sobre o espectador e a imagem. Os blocos vão contar com a leitura de livros específicos e, ao final da leitura e discussão, vamos ter a participação de um profissional da área para dialogar sobre o assunto. Oferecemos sete vagas pois pensamos que, com esse número, vamos ter melhor aproveitamento do tempo e direcionamento nos debates. Aqueles que tiverem interesse podem se inscrever através de um formulário do Google que foi criado por nós. Qualquer dúvida sobre as perguntas, ou o núcleo de pesquisa, podem nos contatar por mensagem tanto no Instagram como nas nossas outras redes sociais”. No Facebook acesse “Coletivo MeiaOito”.

COLETIVO – Lucas tem dupla diplomação em teatro, pela UFPel e Universidade de Coimbra. O início foi com Flávio Dornelles no então Teatro do COP, e posteriormente no IFSul. Entre as experiências, dois anos no Rio de Janeiro, onde participou da Cia. dos Atores. Formada em teatro na UFPel, Lizi Fonseca é a diretora executiva do Coletivo MeiaOito. Já Tais

Galindo, também egressa da formação em teatro, atualmente é mestranda em artes visuais. Sobre o grupo, eles acrescentam: “Nosso trabalho é conjunto e não seria possível, sem a ajuda dos três. A ideia era criar um espaço onde artistas de diferentes áreas pudessem trocar experiências, e criar espetáculos voltados à dramaturgia contemporânea. No grupo, atuamos de forma coletiva, no que diz respeito à organização, ou seja, todos têm igual importância e poder de decisão. Esse aspecto exige dos participantes uma postura mais ativa, um envolvimento maior, não só na parte artística, mas também na burocrática, o que levou um tempo até que conseguíssemos ajustar esses dois modos de trabalho. Na nossa prática, tentamos vincular à criação artística, uma pesquisa teórica que possa nos sustentar para as encenações que realizamos”. Além de “Oslo”, peça programada para o mês de aniversário do coletivo, também terá continuidade a revista “Ornitorrinco”, viabilizada através do Edital Prêmio de Reconhecimento da Cultura Pelotense, Lei Aldir Blanc.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções