Diário da Manhã

terça, 15 de junho de 2021

Notícias

UCPel oferece tratamento gratuito para depressão

17 janeiro
15:30 2014

Um dos problemas de saúde mental que mais gera dificuldades nas atividades diárias das pessoas, a depressão é foco de estudo do Programa de Pós-Graduação em Saúde e Comportamento da Universidade Católica de Pelotas (PPGSC/UCPel). O Programa está oferecendo tratamento gratuito para pessoas entre 18 e 60 anos de idade que possuam algum dos sintomas da doença. É requisito, ainda, não apresentar abuso de drogas e não estar em tratamento medicamentoso para depressão.

O projeto desenvolvido na UCPel tem a intenção de verificar aspectos biológicos relacionados à depressão e a eficácia de dois tipos de tratamento. O PPGSC realiza estudos que oferecem a identificação e tratamento da depressão para que este problema seja mais bem compreendido, os prejuízos sejam diminuídos e para a melhora da qualidade de vida dessas pessoas.

O Ambulatório de Pesquisa e Extensão do Programa fará uma avaliação com os inscritos, para verificar se de fato apresentam depressão. Se confirmado o diagnóstico, a pessoa será encaminhada para acompanhamento psicológico. O tratamento varia de 16 a 18 sessões de terapia. Caso o inscrito não se enquadre nos critérios da pesquisa e necessite de atendimento psicológico, será encaminhado à rede de atenção à saúde mental.

Como a depressão se manifesta

A depressão costuma ser caracterizada por um período mínimo de duas semanas no qual o indivíduo apresenta humor deprimido com perda de interesse e/ou prazer por quase todas as atividades. Geralmente, estes sintomas são acompanhados por alterações de apetite e de sono, perda de energia e cansaço, dificuldades de concentração e para tomar decisões, sentimentos de culpa, baixa auto-estima e, em situações graves, até mesmo pensamentos recorrentes de morte. Se não diagnosticada e tratada adequadamente, a depressão pode acarretar em prejuízos no trabalho, nas relações familiares, sociais e até mesmo levar o indivíduo a tentar o suicídio. Estima-se que de cada cem pessoas, dez apresentem o quadro clínico de depressão.

Como participar

Os interessados em realizar a avaliação psicológica e possível tratamento gratuito no Ambulatório de Pesquisa e Extensão do PPGSC devem entrar em contato pelos telefones (53) 8113-3404, (53) 8402-3356, (53) 9138-5835 ou (53) 2128-8404.

Comentários ()

Seções