Diário da Manhã

sábado, 24 de fevereiro de 2024

Notícias

Vara de Execução Criminal Regional terá uma nova instância

Vara de Execução Criminal Regional terá uma nova instância
17 janeiro
16:28 2024

A VEC Regional foi instalada em Pelotas é responsável pelos processos das Comarcas de Jaguarão, Canguçu, Camaquã e Rio Grande. Juíz titular ainda não foi definido

Em uma cerimônia nesta quarta-feira (17), com magistrados e autoridades, a presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), desembargadora Íris Helena Medeiros Nogueira, oficializou a criação da repartição, ao lado do diretor do Foro, Juiz Ricardo Arteche Hamilton. O prefeito em exercício, Idemar Barz, participou da inauguração do 2º Juizado da Vara de Execução Criminal Regional (VEC) no salão do Júri do Foro de Pelotas.

Como um dos últimos atos à frente do Tribunal de Justiça, a desembargadora enfatizou a importância do novo juizado e o empenho para consolidá-lo. “É um dia de celebração, de alegria, pois é mais uma vitória do judiciário em benefício das nossas comunidades e jurisdicionados. É sempre gratificante voltar à minha terra natal com boas notícias, especialmente aqui na Casa da Justiça”, ressaltou a magistrada.

Para o diretor do Foro de Pelotas, esse novo juizado é um reforço significativo para atender às demandas dos presídios da região. “A VEC não gerencia apenas o presídio de Pelotas, mas também os de Canguçu, Rio Grande e outras comarcas vizinhas, o que exige que um único juiz não consiga dar conta. Agora, um novo magistrado assumirá para compartilhar essa demanda”, observou Hamilton.

Representando a prefeita, Paula Mascarenhas, Idemar destacou a expansão do serviço. “Conhecemos a quantidade de processos nesta Casa, são numerosos e a tarefa é árdua, então o novo juizado é muito bem-vindo, proporcionando mais celeridade e eficiência para atender nossa comunidade regional”, afirmou o gestor.

A Vara de Execução Criminal Regional foi instalada em Pelotas em julho de 2018, sendo a quarta regionalizada no estado, responsável pelos processos das Comarcas de Jaguarão, Canguçu, Camaquã e Rio Grande. O espaço físico já foi designado para a nova repartição, embora o juiz ainda não tenha sido definido. Contudo, uma equipe de servidores está pronta para lidar com a distribuição dos novos processos.

Também acompanharam a cerimônia, o Corregedor-Geral da Justiça, Desembargador Giovanni Conti, e o Procurador-Geral do Município, Eduardo Trindade.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções