Diário da Manhã

sexta, 28 de fevereiro de 2020

Notícias

ASSALTOS : Taxista e motorista de aplicativo são roubados

26 dezembro
07:40 2019

Ladrões roubaram taxista e motorista de aplicativo na zona norte

Taxista estava à tarde no centro da cidade, estacionado à rua General Osório. Dois homens aproximaram-se, e solicitaram corrida até macroatacado localizado na zona norte. Eles embarcaram e seguiram até o local, porém, quando estavam próximos, mudaram o destino, e pediram ao taxista que prosseguisse pela avenida Ildefonso Simões Lopes.

ROUBO – Conforme o registro efetuado segunda-feira na Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA), a vítima de 57 anos foi orientada para conduzir até o fim do trecho asfaltado. A seguir, os passageiros, um branco e outro negro, disseram para que dobrasse à esquerda. De acordo com o motorista, ele seguiu por mais dois quilômetros, até que a dupla pediu que parasse. A vítima recorda que praticamente não havia habitações, e estavam em frente a uma plantação. Os ladrões então, pegaram os celulares do taxista, um aparelho Nokia e outro Samsung, bem como a quantia de R$150,00. A dupla desceu e disse para o motorista prosseguir em frente, dirigindo-se até a vila Princesa.

CabeçalhoMOTORISTA de aplicativo também foi vítima de roubo na zona norte. O crime ocorreu às 23h30min, quando o motorista de 44 anos transitava pela avenida Zeferino Costa. Ao chegar na rótula com a avenida Leopoldo Brod, uma mulher pedindo socorro, surgiu à frente do veículo. O motorista parou o carro, e repentinamente apareceram dois assaltantes. Um deles manteve a mão na cintura, insinuando estar armado. A vítima teve de entregar a quantia de R$300,00.

MULHER – Um dia após o assalto, relata o motorista, a mulher apareceu na sua casa. Ela exigia R$50,00, ameaçando atear fogo no carro. Conforme a vítima, ela seria uma prostituta que, frequentemente, está nas proximidades de empresa de transporte coletivo no Pestano.

QUADRADO – Ao amanhecer de segunda-feira, tumulto à rua Cel. Alberto Rosa, região conhecida como “Quadrado”. Conforme policiais militares, que estavam na unidade da Patram, num barco ancorado, dois homens discutiam e brigavam. Os policiais foram até o conflito, e solicitaram que o suspeito de desencadear a briga, retornasse até a plataforma. O agressor recusou-se, e os policiais tiveram de intervir. O homem, porém, resistiu e investiu contra a guarnição. Devido ao descontrole, teve de ser algemado. Na sequência, foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento, e posteriormente até a delegacia.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções