Diário da Manhã

quinta, 17 de outubro de 2019

Notícias

Cansada de apanhar, mulher mata ex-companheiro a facada

Cansada de apanhar, mulher mata ex-companheiro a facada
20 janeiro
10:06 2014

As constantes desavenças entre um casal resultaram em uma tragédia, na madrugada desta segunda-feira(20), quando  Éderson da Silva Domingues, de 31 anos, foi morto com pelo menos cinco facadas.  A autora do assassinato é sua ex-companheira, de 26 anos. O crime ocorreu na residência da acusada, na Rua Desembargador  André da Rocha, no Bairro Fragata.Este é o sexto homicídio ocorrido este mês, o dobro dos crimes ocorridos em janeiro do ano passado.

Por volta da 1h20min, a Brigada Militar foi acionada para atender a ocorrência de uma briga entre casal. No local os policiais encontraram o homem caído na sala da casa, em meio a uma poça de sangue. Ele apresentava inúmeros ferimentos e entrou em óbito em seguida.

A acusada foi encontrada no quarto da casa, junto aos filhos. Levada para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, ela confessou o crime, justificando que o ex-companheiro, foi até a residência dela e começou a agredi-la verbalmente, passando a agressão física. Vítima constante de violência doméstica, devido às inúmeras desavenças com o parceiro, ela então ser armou com duas facas e passou a desferir os golpes com uma delas. A lâmina da primeira quebrou e ela então, passou a utilizar a segunda.

O delegado Félix Rafanhim, titular da DP de Homicídios, ouviu o depoimento da acusada que confessou o crime, alegando não agüentar mais as constantes agressões. Ele vai indicia-la por homicídio. Durante o inquérito policial será analisado se houve excesso de parte da acusada, e outros aspectos envolvendo o fato, entre eles, porque o pedido de Medida Protetiva  requisitado à Justiça, teria sido negado.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções