Diário da Manhã

quinta, 21 de março de 2019

Notícias

DANÇA : Movimentos que criam oportunidades

09 janeiro
09:31 2019

A premiada pelotense Francine Lemos ministra aulas na periferia e cursa dança na UFPel

Por Carlos Cogoy

                francine 2019Ela começou a dançar nas festividades da igreja. Posteriormente, assistindo tevê, viu o antológico grupo pelotense Piratas de Rua.  Conforme diz Francine Lemos, o coração disparou, e a identificação foi imediata. À mãe, que estava ao lado, ela disse: “Quero dançar como eles”. Desde então, aprendizado em diferentes grupos e academias. Moradora do Jardim das Tradições, ela tem levado sua arte, tanto para a periferia, proporcionando oportunidades a crianças e jovens, bem como a outros Estados, classificando-se também para eventos no exterior. Desde o ano passado, ingressou no curso de dança da UFPel. Mas, é nas danças urbanas, em especial o Hip Hop, que se transforma através dos movimentos.

LIBERDADE – Francine menciona sobre o significado da dança: “Considero como liberdade de expressão. É com a dança, e através dela, que posso expressar todos os meus sentimentos. É a língua escondida da minha alma, é uma entrega real e verdadeira. Sem dúvida, a dança possibilita criar e colocar a minha indentidade naquilo que faço. É uma arte”.

Professora Francine Lemos estará ministrando aulas em Alvorada e Florianópolis

Professora Francine Lemos estará ministrando aulas em Alvorada e Florianópolis

OPORTUNIDADES – Para a coreógrafa e dançarina: “A dança, assim como as outras artes, têm o poder de resgatar e dar oportunidade, ou melhor, criar oportunidades nas comunidades. E, criando essas oportunidades, ampliando os horizontes, os jovens possivelmente não iriam se interessar pelo crime, nem se envolveriam com drogas. Os projetos em comunidades, têm o intuito de fazer os jovens se autodescobrir. Por isso, são importantes essas oficinas, ano a ano, nas comunidades e vilas”.

EDUCAÇÃO – A arte salva, e Francine observa: “A arte é importantíssima em todos os lugares do mundo. Na periferia percebo ainda mais a importâcia da dança, música, teatro e esportes. Em especial na vida das crianças e jovens, bem como adultos, pois muitos vivem em meio à violência e tráfico. Quando a arte entra nesses lugares, é imensa a importância, pois pode salva-lós deste cotidiano. Outra questão, além da inclusão, refere-se a possibilidade de descoberta de talentos. Atualmente tenho percebido que as prefeituras, associações e escolas, estão enfatizando os projetos na periferia. E uma grande mudança pode acontecer através da arte na educação, possibilitando que os alunos descubram seu dons”.

PARA TODOS – E Francine acrescenta: “Independentemente do seu objetivo, a dança é para todos, sem distinção de idade. A dança é uma forma de atividade física capaz de gerar uma série de benefícios para a promoção da qualidade de vida”.

Los Angeles, Argentina e SP

Dez anos ligados à dança, sendo que leciona desde 2014. A premiada Francine Lemos destaca que, em 2017, dançou em São Paulo. Ano passado, foi a vez do RIOH2K, onde interagiu com profissionais que são referências nas danças urbanas. Ela também classificou-se para dançar em Los Angeles, Argentina e Paraguai. “Tenho viajado muito pelo Estado, participado de batalhas de Hip Hop Freestyle e, além do palco, também fazendo aulas”.

CONFIANÇA – Para Francine: “A dança me ensina, e ensinou, a acreditar em mim. A não desistir do meus sonhos, ter fé, estudar e trabalhar por aquilo que acredito. E o que acredito é a dança, então treinar é essencial. Essa caminhada me motiva a confiar que tudo vale a pena. Acredito que Deus tem um plano, e despertou minha vontade de aprender, a sede de querer sempre mais. É uma arte com potencial imenso, que não tem fim, e todos os dias há coisas novas para serem aprendidas”.

AGENDA – Entre os dias 14 e 17 deste mês, Francine estará participando do Summer Class em Alvorada, onde ministrará aulas. Entre os dias 1º e 3 de fevereiro, ministrará aulas de Hip Hop no RSSC em Florianópolis. Ela também está selecionada para participar de batalhas de Hip Hop do MDA. Entre 140 inscritos, ela foi uma das cinquenta selecionadas, e o evento acontecerá em Veranópolis.

AULAS com Francine Lemos (Foto), terão definição de dias e horários em março. Mas ela divulga que dará sequência aos locais, no quais ministrou aulas em 2018. Assim, no Exército de Salvação – avenida Fernando Osório 6.745 -, projeto Cultura em Movimento “Outroporto”, e na Sociedade de Assistência Escolar (SAE), à rua Guararapes 53 – proximidade com a avenida São Francisco de Paula – no bairro Areal. Informações: 3228.0575. E-mail: sociedadedeassistenciaescolar@hotmail.com

 

APRENDER – Francine menciona benefícios com a dança: visual – ver os movimentos e transformá-los em atos; tátil – sentir os movimentos e seus benefícios para seu corpo; auditivo – ouvir a música e dominar o seu ritmo; afetivo – emoções e sentimentos transpostos na coreografia; cognitivo – raciocínio, ritmo, coordenação; motor – esquema corporal.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções