Diário da Manhã

quarta, 18 de julho de 2018

Notícias

GAUCHÃO: Quando o Brasil arrancou vencendo, a campanha foi boa

GAUCHÃO: Quando o Brasil arrancou vencendo, a campanha foi boa
12 janeiro
10:36 2018

Brasil e Juventude se enfrentaram na abertura do Gauchão de 2017 e empataram: os dois foram mal no campeonato

Nas quatro edições anteriores do Campeonato Gaúcho, o Brasil teve duas grandes campanhas, conquistando o título do interior, e outras duas fracas, quando lutou para escapar do rebaixamento. Curiosamente, o bom desempenho na competição iniciou desde a primeira rodada, com estreia vitoriosa. Quando não venceu o primeiro jogo, a campanha foi fraca. Esse retrospecto valoriza ainda mais a partida de quarta-feira, às 19h30, diante do Juventude, no Bento Freitas.

Em 2014, o Brasil voltou a disputar a primeira divisão. No jogo de estreia, a vitória de 2 a 0 diante do Cruzeiro no Bento Freitas – gols de Alex Amado e Cirilo. Era a arrancada para uma grande campanha, que culminou com o título do Interior. O time rubro-negro só foi eliminado nas semifinais, quando cruzou com o Grêmio. O aproveitamento geral na competição foi de 62,7 (nove vitórias, cinco empates e três derrotas).

No ano seguinte, o Xavante repetiu a boa campanha, conquistando novamente o título do Interior e também avançando até as semifinais, quando caiu diante do Internacional. O aproveitamento foi de 55,5% (oito vitórias, seis empates e quatro derrotas). Por coincidência, a caminhada começou com vitória: 1 a 0 diante do Caxias, no Centenário, em Caxias do Sul – gol de Nena.

O desempenho do Brasil vem caindo ano a ano. Em 2016, o aproveitamento ficou em 38% (três vitórias, sete empates e quatro derrotas). Conseguiu se classificar em oitavo lugar na fase classificatórias, mas parou diante do Grêmio nas quartas de final. Já no ano passado, o time xavante escapou no detalhe do rebaixamento (um ponto a mais do que o Ypiranga, o penúltimo colocado). O percentual de aproveitamento foi de apenas 30,3% (duas vitórias, quatro empates e cinco derrotas).

Histórico de estreias

2014

Brasil 2×0 Cruzeiro

Aproveitamento: 62,7%

2015

Caxias 0×1 Brasil

Aproveitamento 55,5%

2016

Brasil 1×3 Grêmio

Aproveitamento 38%

2017

Juventude 0×0 Brasil

Aproveitamento: 30,3%

 

Foto: Carlos Insaurriaga/Assessoria GEB

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções