Diário da Manhã

segunda, 24 de fevereiro de 2020

Notícias

O que fazer quando acontecem pequenos ferimentos em crianças

07 fevereiro
08:34 2020

Seja por curiosidade ou por estarem em brincadeiras agitadas, as crianças acabam mais vulneráveis nessa época do ano a pequenos acidentes.

Um dos riscos comuns, são os cortes causados por cacos de vidro no chão, por exemplo, ou arranhões provocados nas quedas. Um agravante é o fato da criança ser naturalmente curiosa. O senso de perigo e equilíbrio não se desenvolve plenamente até que ela amadureça e tenha experiência, por isso a vigilância de pais e responsáveis é um aliado fundamental.

No caso de acidentes, de um modo geral, a dica é lavar imediatamente o ferimento em água corrente.

PERÍODO de veraneio merece cuidados especiais

PERÍODO de veraneio merece cuidados especiais

“Em pequenos ferimentos sem sangramento expressivo recomendamos seguir lavando em água corrente e fazer um pequeno curativo com gaze tendo o cuidado de não abafar. Essa medida vai proteger de possíveis contaminações posteriores”, explica o médico pediatra e diretor da Sociedade de Pediatria do RS, Silvio Baptista.

Ferimentos mais profundos, extensos, e aqueles com sangramento prolongado, devem ser examinados para avaliação de possível procedimento (curativo com aproximação das bordas e/ ou sutura). Também é indicado não usar cremes ou antissépticos sem orientação médica.

Outras dicas são ensiná-las e alertá-las para os riscos que certos atos envolvem, para que elas possam desenvolver a noção do que é o perigo e do que são comportamentos perigosos. Escadas e ambientes escorregadios como a volta de piscinas exigem uma atenção redobrada. Também é indispensável observar grades e redes de proteção em todas as janelas e varandas.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções