Diário da Manhã

sábado, 20 de abril de 2019

Notícias

Orquestra Estudantil inicia as atividades em novo local

10 abril
09:03 2019

O projeto que, desde maio de 2018, abre as portas da música erudita a crianças e jovens de Pelotas deu início, segunda-feira, às atividades de 2019 – agora, sediadas em nova casa: a antiga Estação Férrea, no Largo de Portugal. Além do novo espaço, a Orquestra Estudantil Municipal também começa o ano com a novidade de disponibilizar mais vagas, ter participantes mais jovens e, estes, representarem mais de 20 escolas do município.

“O acervo de instrumentos também aumentou, já que vários alunos possuem os seus. A mudança de local [antes os ensaios ocorriam na Escola Técnica Estadual João XXIII] foi muito importante, porque o espaço comporta bem as necessidades do projeto, além de ser um ponto central e acessível para os jovens”, disse a coordenadora da Orquestra, Lys Ferreira.

08.04.2019 -  Ensaio da Orquestra Estudantil - Foto Michel CorvelloMAIOR VISIBILIDADE

Enquanto 25 estudantes compuseram o projeto em 2018, neste ano, 150 inscreveram-se na iniciativa. As 30 vagas oferecidas originalmente foram expandidas para 40, a fim de comportar o máximo de interessados, considerando a estrutura existente. No entanto, além dos alunos que integrarão o grupo, outros 60 terão aulas com os mais experientes.

A professora atribui à apresentação no 9° Festival Internacional Sesc de Música, no ano passado, a ampliação da visibilidade da Orquestra. Além disso, os músicos também integraram a programaçãocultural da 46ª Feira do Livro e tiveram aula com a renomada professora de violino do Ceará, Liu Man Ying.

Lys acrescentou que o projeto conta com instrumentos disponibilizados pela Secretaria de Educação e Desporto (Smed) e com outros doados por apoiadores. “O grupo vem crescendo não só em número, mas também em conhecimento”, apontou a professora, mencionando a inscrição de jovens experientes na área musical.

PROPOSTA Musical do Município está na Estação Férrea (Largo de Portugal)

PROPOSTA Musical do Município está na Estação Férrea (Largo de Portugal)

AMOR À MÚSICA

O violino rosa de Yasmin, de 11 anos, foi um presente recebido pela menina em função do amor pelo instrumento e, principalmente, pela música. Enquanto a neta concentrava-se nas orientações repassadas pela professora, a avó a acompanhava orgulhosa. “Ela volta sempre realizada e feliz dos ensaios, que servem como um apoio, uma distração e, até mesmo, uma ajuda emocional. O sonho dela é ser violinista”, afirmou Teresinha Furtado.

ORQUESTRA

O projeto da Smed trabalha a teoria e a prática de instrumentos como violino, viola, flauta, violão, contrabaixo, violoncelo e teclado. Os ensaios ocorrerão todas as segundas-feiras, das 15h às 18h, na sala cedida pela Secretaria de Cultura, na antiga Estação Férrea.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções