Diário da Manhã

sábado, 24 de agosto de 2019

Notícias

Protesto irá bloquear ponte internacional Brasil-Argentina

08 outubro
00:02 2013
Presidente da Comissão do Mercosul, Boessio lidera manifestação ao longo desta terça-feira para romper barreiras às exportações de sapatos e móveis do RS

Presidente da Comissão do Mercosul, Boessio lidera manifestação ao longo desta terça-feira para romper barreiras às exportações de sapatos e móveis do RS

Diante dos entraves às exportações da indústria gaúcha para a Argentina, o presidente da Comissão do Mercosul e Assuntos Internacionais da Assembleia Legislativa, deputado Álvaro Boessio (PMDB), decidiu adotar uma medida mais drástica na divisa entre os dois países. Nesta terça-feira (8), ele lidera manifestação de centenas de trabalhadores em deslocamento para Uruguaiana e que pretendem interromper o trânsito na ponte internacional Brasil-Argentina. “Precisamos de uma atitude mais firme diante da queda nas exportações, o que já ameaça nossos empregos”, anunciou o deputado, que também é presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias do Calçado e Vestuário do RS.

 

Os setores coureiro-calçadista e de móveis são os segmentos mais prejudicados pelos atrasos nas autorizações de entrada dos produtos na Argentina. As exportações de calçados, por exemplo, baixaram de US$ 60,7 milhões (2011) para US$ 30 milhões no ano passado. Cerca de 600 mil pares de sapatos estão retidos atualmente, produtos que seriam destinados para as comemorações pelo Dia das Mães, que na Argentina acontece em 20 de outubro.

 

Todavia, os entraves atingem todos os segmentos da indústria gaúcha, conforme levantamento da Fiergs que aponta para uma queda na balança comercial do RS com a Argentina em mais de US$ 400 milhões entre 2011 e 2012. “Somos o único estado que sai prejudicado nesta relação com o Mercosul”, acrescentou Boessio. Ele próprio já havia comunicado a decisão de bloquear a ponte internacional durante audiência há duas semanas com o secretário estadual de Desenvolvimento e Promoção do Investimento, Mauro Knijnik.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções