Diário da Manhã

segunda, 10 de dezembro de 2018

Notícias

Ricardo Fonseca vai para mais dois anos de mandato, mas preocupado com equilíbrio receita x despesa no Brasil

07 dezembro
09:26 2018

Na presidência do Brasil desde 2012, Ricardo Fonseca foi empossado nesta quinta-feira para mais dois anos de mandato – o último deste ciclo, pois está impedido pela legislação do Profut a concorrer a mais uma reeleição. Ao contrário de anos anteriores, o dirigente apresentou um discurso carregado de preocupação. “O momento é muito difícil. Não temos estádio pronto, não temos CT (Centro de Treinamento Pronto) e um número pequeno de sócios. Tudo isso é dificuldade”, comentou o dirigente.

foto 1 página 13Ricardo Fonseca revelou que o Brasil já antecipou 60% da cota do Gauchão, que é de R$ 2 milhões. Deve também antecipar valor relativo à Série B do Brasileiro de 2019 (cota total em torno de R$ 6 milhões). O dirigente lamentou ainda o atraso no pagamento da 10ª parcela da conta relativa à competição deste ano em função de uma contestação feita pelo Coritiba. O valor, que ainda não chegou ao clube e seria usado para pagar as despesas da folha de pagamento deste final do ano, é de R$ 500 mil.

O número de sócios do Brasil está atualmente 3.998 cadastros em dia. “Se a torcida soubesse de nossa dificuldade, teríamos um número maior de sócios”, frisou Ricardinho. Outra necessidade é liberar a arquibancada (segundo módulo do novo estádio) para o Gauchão. A expectativa é que o espaço esteja pronto para ser ocupada pela torcida na primeira partida do Campeonato Gaúcho, contra o Caxias, dia 20 de janeiro. Para isso, o clube terá que investir em torno de R$ 100 mil.

Para Ricardo Fonseca não existe outro jeito, o Brasil necessita aumentar a receita, apesar do momento de crise. “Não tenho dúvida que dentro de 10 anos muitos clubes irão desaparecer. Por isso, temos que ter muita responsabilidade”, atestou.

foto 2 página 13Pará é mais um contratado

Nem Bruno Collaço, nem Alex Ruan será o lateral esquerdo Brasil no Campeonato Gaúcho. A vaga na equipe será disputada por dois novos contratados: Bruno Santos e Pará. O primeiro foi anunciado na segunda-feira e o segundo teve a contratação confirmada nesta quinta.

Natural de Rio Maria no Pará, Erinaldo dos Santos Rabelo, 31 anos, tem uma longa relação com o Juventude, onde chegou em 2016. Em três temporadas, ele foi titular e capitão da equipe caxiense. Sofreu lesões no segundo semestre deste ano e, por isso, pouco pôde contribuir para evitar que o time caxiense não fosse rebaixado na Série B do Brasileiro.

Alex Ruan irá disputar o Campeonato Paulista, mas deixou compromisso pré-acertado com o Brasil para retornar na Série B.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções