Diário da Manhã

terça, 15 de junho de 2021

Notícias

ATAQUES RACISTAS : Comissão da Câmara faz nova convocação à servidora do Sanep

ATAQUES RACISTAS  : Comissão da Câmara faz nova convocação à servidora do Sanep
09 junho
09:05 2021

Funcionária, que também é dirigente sindical, deixou de comparecer duas vezes para prestar esclarecimentos de comentários contra vereadores

Os integrantes da Comissão de Direitos e Prerrogativas que apura a origem de uma série de ataques racistas promovidos em redes sociais contra quatro vereadores, em fevereiro desse ano, aprovaram por unanimidade a nova convocação da servidora do Sanep e dirigente sindical, Rosemeri Santos, que pela segunda vez deixou de comparecer à reunião da comissão para esclarecer comentários feitos por ela no episódio.

Em correspondência oficial dirigida à Comissão o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais do Saneamento Básico de Pelotas (Simsapel), Renato Abreu esclarece que Rosimeri Santos está licenciada de suas atividades para exercer mandato de vice-presidente do sindicato e solicita documentação da comissão que justifique sua convocação. No final de maio a entidade publicou em sua página em uma rede social uma nota da Central Única dos Trabalhadores (CUT) que anuncia e defende a decisão de Rosemeri Santos – que é coordenadora regional da CUT – em não comparecer nas reuniões da Comissão de Direitos e Prerrogativas. Na nota as lideranças sindicais justificam a decisão por discordar das metodologias adotadas pela comissão.

“Me causa surpresa o não comparecimento da Rosemeri Santos para prestar esclarecimentos, pois ela sempre esteve nesse plenário em debates de defesa de pautas dos servidores públicos e das minorias”, afirma o vice-presidente da Comissão, vereador Paulo Coitinho (Cidadania).

Conforme Coitinho o envolvimento da funcionária do Sanep no episódio está relacionado a um diálogo travado nos comentários de uma rede social em post sobre a votação do dia 25 de fevereiro. Um usuário que não é servidor público escreveu: “Só matar não adianta tem que colocar no chicote esses crioulos, esses quatro” e Rosimeri Santos teria comentado em seguida: “Colocaram esses quatro burros lá, o que esperar dessa escória da humanidade?”. A relação entre os comentários, segundo Coitinho, deixaria claro o caráter racista do comentário da servidora pública.

Os membros da Comissão aprovaram a convocação da vice-presidente do Simsapel via correspondências enviadas para seu local de trabalho, residência, sede do sindicato, sede do Partido dos Trabalhadores (PT) da qual também é dirigente e, finalmente, por edital publicado nos jornais de maior circulação na cidade.

PT ABANDONA COMISSÃO – A bancada do PT se retirou da Comissão de Direitos e Prerrogativas. Na manhã dessa terça-feira o vereador Sidnei Fagundes, o Sid (PT) entregou correspondência oficial informando a saída da bancada. “Estamos cumprindo decisão partidária da Direção Executiva que decidiu por 13 votos a 9 pela saída da bancada da comissão. Porém quero enfatizar a importância desta comissão e me solidarizar com os vereadores Cesinha, Barriga, Michel Promove e Belezinha, porém mesmo contrários a decisão do partido devemos respeitá-la”, declara. Antes de deixar a reunião o vereador salientou o compromisso histórico do PT com a luta antirracista.

VEREADORES SERÃO OUVIDOS – A pedido do relator Marcos Ferreira, Marcola (PTB) os vereadores César Brizolara, Cesinha (PSB); Rafael Dutra, Barriga (PTB); Reinaldo Elias, Belezinha (PSD) e Michel Escalante, Michel Promove (PP) serão ouvidos no dia 15 de junho a partir das 10h sobre os ataques dos quais foram vítimas.

“É necessário ouvir os parlamentares que foram ofendidos e discriminados para dar corpo ao processo administrativo”, diz Marcola.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções