Diário da Manhã

domingo, 01 de agosto de 2021

Notícias

Câmara retoma hoje três sessões durante a semana

Câmara retoma hoje três sessões durante a semana
30 março
08:39 2021

Após semanas de trabalho concentrado em função das restrições impostas pela bandeira preta, a Câmara Municipal retoma a partir dessa terça-feira a rotina de realizar três sessões semanais entre terça e quinta-feira. Todas as reuniões serão online e o acesso do público segue proibido no prédio. O número de assessores e funcionários em atividade presencial também é limitado.

O primeiro vice-presidente da Câmara, vereador Paulo Coitinho (Cidadania) considera importante a volta da semana legislativa cheia como forma de ampliar o tempo para debates dos projetos, propostas e ações.

“A Câmara passou por uma grande renovação e agora os vereadores novatos já estão ambientados com a rotina e a prática legislativa e o volume de projetos, propostas e atividades aumenta rapidamente, por isso é importante ampliar as conversas”, pondera.

Nessa terça-feira a pauta dos trabalhos legislativos conta com 24 proposições (pedidos diversos de providências encaminhados ao Executivo) e cinco projetos para análise. Porém como tem acontecido desde o fim do recesso, no início do mês, as estratégias dos governos municipal, estadual e federal para enfrentar a pandemia de Covid-19 deve centralizar os debates.

O líder do Governo na Câmara, vereador Marcos Ferreira, Marcola (PTB) diz crer que a proposta de destinação dos recursos do fundo da Câmara para uso na saúde pública deve ser o ponto mais sensível das discussões nesse início de semana. A proposta do vereador César Brizolara (PSB) de reestabelecer a obrigatoriedade da dedicação exclusiva para os conselheiros tutelares é outro tema que deve atrair a atenção dos parlamentares.

REUNIÃO PRESENCIAL – A agenda da Câmara desta terça-feira prevê uma reunião presencial entre uma representação de pescadores da Colônia Z-3 e um grupo de vereadores para tratar das ações de fiscalização realizadas pelas autoridades ambientais. Os pescadores reclamam de excesso de rigor nas fiscalizações e no prejuízo causado sobre a atividade, especialmente nesse período de safra de camarão e tainha e que antecede a Semana Santa.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções