Diário da Manhã

terça, 15 de junho de 2021

Notícias

Cria das categorias de base do Brasil, zagueiro Cirilo ruma para o 100° jogo

31 janeiro
13:36 2014

Cirilo rodou pode diversos clubes e retornou ao seu clube de origem. 

Você já imaginou um jogador ser formado nas categorias de base de um clube, rodar por diversas outras agremiações e retornar para recolocar o seu time de origem na elite do futebol gaúcho? Pois é, essa história existe. E ela está bem próxima de todos nós. Em 2000, um jovem zagueiro, esguio, chamado Jeferson Cirilo Mesquita Martha começava a desfilar o seu talento pelo gramado do Bento Freitas. 14 anos depois, a história do zagueiro Cirilo com o Brasil completará mais uma capítulo especial: o 100° jogo dele com o manto vermelho e preto.

Aos 34 anos, ele completará 100 jogos pelo Xavante - Foto: Ítalo Santos/GEB

Aos 34 anos, ele completará 100 jogos pelo Xavante – Foto: Ítalo Santos/GEB

Cirilo é unanimidade quando o assunto é seriedade na zaga rubro-negra. Sem brincar no serviço, ele não exita em dar bicos para longe, afastando a bola da proximidade do gol Xavante.   O pelotense de 1,88m é eficaz na zaga e ainda se aventura no ataque. Lance de bola parada, a favor do Brasil, lá estará Cirilo infernizando a zaga adversária. E a insistência dá certo. O pelotense, que completará 34 anos no dia 13 de março, já fez a alegria da torcida Xavante em oito oportunidades.

Se Cirilo já tem o seu nome gravado na história rubro-negra, ele é unanimidade no que tange a acessos no futebol pelotense. Em três oportunidades diferentes, ele esteve no grupo de atletas que recolocou os três clubes da cidade na primeira divisão do futebol gaúcho. Mas não há dúvidas de que ele combina com o vermelho e preto. A história de Cirilo com o manto rubro-negro é recheada de sucessos. E a Maior e Mais Fiel torce para que assim siga.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções