Diário da Manhã

quinta, 28 de outubro de 2021

Notícias

Curso de patchwork marca a retomada das atividades do “Retrate”

Curso de patchwork marca a retomada das atividades do “Retrate”
29 setembro
09:31 2021

Um grupo de oito mulheres do projeto Reabilitação Trabalho e Arte (Retrate) participou do primeiro curso de capacitação (foto) promovido pela parceria entre a Prefeitura de Pelotas e o Serviço Nacional de Aprendizado Rural do Rio Grande do Sul (Senar/RS), após o início do isolamento social imposto pelo novo coronavírus. O curso de patchwork foi realizado entre terça-feira (21) e sexta-feira (24).

A retomada das atividades foi marcada pelos cuidados imprescindíveis no momento, como o distanciamento social, a maior circulação de ar possível, além da higiene permanente das mãos e o uso da máscara em tempo integral. O número mínimo de participantes também garantiu a aplicação dos protocolos sanitários de segurança.

A instrutora do Senar, Claudiana Thurow, ensinou técnicas básicas do patchwork para quem estava começando, como a escolha de cores e padrões, corte, costura dos retalhos e montagem das peças. Mas também teve dicas e práticas mais avançadas para quem já trabalhava com esse tipo de artesanato. O supervisor regional do Senar, Giovane Bolzone, acompanhou todo o curso.

A arte-terapeuta do Retrate, que integra a Rede de Atenção Psicossocial (Raps) da Prefeitura, Fernanda Pinto, explica que os cursos profissionalizam os participantes com técnicas inovadoras e ajudam a desenvolver a criatividade, gerando mais qualidade de vida, além de oferecer uma alternativa de renda e produtos mais bonitos e bem acabados para quem os compra ou recebe de presente.

A usuária Alice Teresina Pinheiro afirma que o curso foi muito gratificante e levou mais conhecimento sobre “a técnica em que se pode criar e ousar com pedaços de panos coloridos, que vou usar muito em minhas criações de peças bem coloridas que remetem ao nosso desejo interior”, diz.

Giane Lopes, afirma também que amou o curso, pois “o patchwork é um trabalho lindo e vou usar muito as técnicas para aproveitamento de tecidos”. Jane Pereira destacou a socialização possibilitada pela capacitação. “O curso proporcionou aprendizado que veio para agregar mais conhecimentos e uma oportunidade maravilhosa de socializar”, avalia.

Na sede do Retrate (rua Félix da Cunha, 564) também são comercializadas as peças produzidas pelos usuários.

PARCERIA QUE DÁ CERTO

Este é o décimo ano da parceria que viabilizou essa e outras formações. Todos os cursos realizados pelas duas entidades são gratuitos aos participantes, que são responsáveis apenas pela aquisição do material que utilizarão. O próximo curso está previsto para novembro – salgados e bolachinhas; e em dezembro será a vez do bordado.

Na sede do Retrate (rua Félix da Cunha, 564) também são comercializadas as peças produzidas pelos usuários.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções