Diário da Manhã

sábado, 27 de fevereiro de 2021

Notícias

DANDÔ : Música e poesia online

30 dezembro
08:44 2020

Nesta quarta às 20h, live com anfitriões do Dandô Circuito de Música

Por Carlos Cogoy

                O Dandô é circuito de musica que homenageia o mineiro “Dércio Marques” (1947/2012). Após o falecimento do artista que chegou a vir a Pelotas e Pedro Osório, a compositora e intérprete paulista Katya Teixeira, idealizou um circuito para a valorização dos músicos da arte de raiz.  A ideia consiste no intercâmbio entre compositores e cantores que, através de produções colaborativas, percorrem o País. O projeto expandiu, chegando a outros países, e tornando-se internacional. Na essência, porém, mantém a simplicidade e delicadeza. Assim, em cada cidade, as atrações artísticas são recepcionadas por anfitriões locais. Em Pelotas neste ano, o calendário de apresentações foi cancelado devido à pandemia. Mas o circuito teve intensa programação em anos anteriores, e a perspectiva é de retomada no segundo semestre de 2021. Para o reencontro com participantes, amigos e público, nesta quarta acontecerá uma live especial. Às 20h, informa o músico e professor Duglas Bessa – um dos primeiros anfitriões aos artistas do projeto em Pelotas -, música, poesia e boas histórias. Para acompanhar, transmissão no canal Circuito Dandô do Youtube, na Fanpage Circuito Dandô.

Paulista Katya Teixeira é a idealizadora do cicuito Dandô

ANFITRIÕES – A abertura da live contará com a participação de Katya Teixeira, coordenadora geral do circuito Dandô. Também estará participando, Paulo Renato Huf, um dos grandes incentivadores da arte telúrica na região. O encontro online contará com os anfitriões: Cristiano Nunes; Héctor Rojas; Zé Everton Rozzini; Nilton Vargas; Átila Silveira; Milton Vaghetti; Juliano Tavares; Igor Borges; Mateus Brod; Dija Vaz; Alvaro Barcellos; Lucas Barcellos; Ricardo Petrucci; Alfredo Tillmann; Leonardo Oxley; Eliane Pederzolli; Teresa Ferlauto; Maria Laura; Rosemeri Santos. A live, acrescenta Duglas, foi selecionada no segmento Fazer Cultural do Movimento Prêmio da Cultura Pelotense/ Lei Aldir Blanc.

 

Duglas Bessa entre os primeiros anfitriões na cidade

PRODUÇÃO – Duglas menciona sobre a experiência com a produção de etapas locais: “Os anfitriões que estarão participando do bate-papo, representam a história do Dandô Pelotas. O grupo Bairro Sur, seguido pelo Tril#os, foram os primeiros anfitriões, nas edições de abertura do projeto na cidade. Posteriormente, socializamos o papel de anfitrião, com artistas locais que eram plateia do Dandô. Mas, citar o Dandô Pelotas como fundamentação numa trajetória pessoal de produção cultural, representa todo o aprendizado que o projeto me proporcionou nesse segmento enquanto coordenador da cidade e Circuito Extremo Sul. A Casa do Trabalhador na área central, citada como referencial de produção de arte e música, além das edições do circuito, recebeu outros artistas de forma independente, apresentações que também colaborei na produção. Por exemplo, o gaúcho Pedro Munhoz, paulista Daniela Lasalvia, mineira Nádia Campos, e o baiano João Bá”.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções