Diário da Manhã

domingo, 24 de janeiro de 2021

Notícias

Domingo de confirmação e superação na Tablada

Domingo de confirmação e superação na Tablada
23 novembro
14:15 2020

No dia em que teve reportagem veiculada para todo país W. Nunes fez uma corrida digna de um craque das rédeas

Como se fosse a letra de um bom tango, o lendário jóquei Wilmar Nunes, de 81 anos, largou no domingo no terceiro páreo para tentar pôr fim ao jejum de vitórias que já dura três anos. No comando do também veterano Market Corner, de 13 anos, fez o improvável: largou em último e chegou em segundo, pouco mais de uma cabeça atrás do vencedor, Primeiro Encontro, montado por Jader Rosa. A vitória não veio, mas a superação deixou sua marca na pista do Jockey Club de Pelotas.

“Se não tivesse largado atrasado teria ganho a prova”, lamentou Wilmar Nunes, lembrando que no pulo de partida Market Corner perdeu tempo e ficou muito atrás dos demais. Correndo em sétimo até completar os primeiros 700 metros da prova de 1.200 metros, W. Nunes e Market Corner tomaram o lado da cerca pouco antes da curva final e iniciaram uma sensacional sequência de ultrapassagens. “Com 300 metros de prova, eu achei que iria ganhar porque conheço o cavalo, ele está tinindo e fomos bem, mas quando vi o Wilmar pensei ‘só o que falta’, porque ele veio voando para cima de mim e deu essa chegada apertada”, contou o vencedor Jader Rosa, que agora soma dez vitórias na temporada e se isola na liderança do campeonato de jóqueis.

Se por um lado o segundo lugar deixou um gosto amargo na boca do jóquei e treinador, por outro serviu para mostrar que, apesar da idade avançada, o bisavô W. Nunes ainda sabe o caminho de vencer: estar na foto da vitória pode ser questão de detalhes.

CONFIRMADO – Outro veterano das pistas pelotenses também teve um domingo especial e confirmou o que se espera dele: vitórias, muitas vitórias. Aos 51 anos, Miguel Barreto ganhou duas das quatro provas do dia e mostrou que está em forma para sonhar com um possível tetracampeonato do GP Princesa do Sul em abril. Agora ele tem três vitórias no ano e duas na temporada.

No segundo páreo, M.Barreto venceu montando Noble Reason treinado por M. Petrechel – que lidera isolado a estatística de treinadores – e propriedade do Haras Nacional e com uma condução magistral conseguiu igualar o recorde de 1min2segundos e2/5, estabelecido por Ornada Negra em fevereiro.

No quarto páreo, Barreto repetiu a parceria com Overtimes, treinado por Getúlio Carvalho e propriedade de Renato Bender Castro, e com quem havia vencido na reabertura do Jockey Club em fevereiro, voltou a vencer. “O cavalo me ajudou muito no percurso, nos 700 metros, quando estava em quarto, senti que estava com ele na mão, fui esperando a reta e, quando vi que a turma da frente estava esmorecendo, coloquei por dentro, fiz andar, ele pegou uma passada boa e foi-se embora”, conta.

O outro vencedor do dia, sendo o primeiro da manhã, foi Always Quick, do Stud Lobão de Pelotas, que foi montada pelo próprio treinador, o Luis Fernando Santos. A égua vencedora confirmou estar pronta para encarar outros grandes desafios na pista pelotense.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções