Diário da Manhã

terça, 24 de novembro de 2020

Notícias

FARROUPILHA 1935/2020 : Oitenta e cinco anos da maior conquista do Tricolor do Fragata

27 outubro
09:40 2020

No dia 27 de outubro de 1935, um clube que ainda não completara uma década de história, com um time formado basicamente por militares, vai à Capital do Estado e escreve uma nova epopeia farrapa, deixando gravado na memória de todos o nome do Grêmio Atlético 9º Regimento de Infantaria, o Grêmio Atlético Farroupilha.

Vice-campeão gaúcho em 1934 perdendo por um a zero para o Internacional, em Porto Alegre, gol marcado através de um pênalti, contestado veementemente, mas que deu o título ao clube da capital. Contam alguns, que ao final da partida, Cardeal apossando-se da bola e dirigindo-se ao árbitro, bradou: “Voltaremos o ano que vem e passaremos por cima de qualquer um”.

Dito e feito! No ano subsequente, o campeonato gaúcho recebeu o nome de Campeonato Farroupilha, em homenagem ao Centenário da Revolução Farroupilha. Com uma campanha memorável, o G.A. 9º Regimento de Infantaria sagrou-se novamente campeão pelotense, disputando seis jogos, contra Bancário, Brasil e Pelotas, onde venceu 4 e empatou 2 partidas. Após a conquista do título pelotense, continuou em ascendência, até chegar à final, invicto. Três partidas definiriam o Campeão de 35, o Campeão Farroupilha, e no dia 20 de outubro, após disputado jogo, o representante pelotense sai derrotado pelo placar de três a um. Quatro dias depois, ciente de sua responsabilidade, o Tricolor do Fragata retorna a campo, e com um minuto de jogo, Gasolina abre o placar, ampliado por Cerrito aos 17 e 36 minutos: Grêmio Football Portoalegrense 0 x 3 Grêmio Atlético 9º Regimento de Infantaria, em uma tarde inspirada de Cerrito, onde o elenco militar mostrou pujança.

Tudo igual, e o terceiro e último jogo trazia oportunidades idênticas buscando a diferença nos detalhes. 27 de outubro de 1935, Estádio Timbaúva, 15 mil torcedores, os dois maiores clubes do Rio Grande do Sul após campanhas impecáveis, disputam o título máximo do futebol gaúcho. Trila o apito, bate forte o coração, e como cumprindo a promessa que fez, no primeiro minuto de jogo, Cardeal abre o placar para o time da Zona Sul. Vooooooooa Cardeaaaaal! Grêmio Atlético 9º Regimento de Infantaria 1 x 0 Grêmio Football Portoalegrense. Mas um gigante não se entrega, e após bela jogada, aos 37 minutos, Russinho empata para o Tricolor da Capital.

Final do primeiro tempo, com certeza a frieza dos vestiários trazia sentimentos de expressão, de pensamentos longes, de esperanças na vitória: “Voltaremos o ano que vem e passaremos por cima de qualquer um”.

Início do segundo tempo, e aos 18 minutos, o goleador Cerrito sela a vitória, e o Grêmio Atlético 9º Regimento de Infantaria mostra a força de suas origens, uma “seleção” formada por militares em praticamente sua totalidade, conquista o Estádio Timbaúva que com 15 mil torcedores, aplaude o CAMPEÃO DE 35, em um feito que fora eternizado na memória do Rio Grande do Sul! Em 1941, por decreto do Presidente Getúlio Vargas, houve uma proibição, impedindo que as unidades militares emprestassem seus nomes a agremiações civis, e então o G.A. 9º RI adotou o nome de Grêmio Atlético Farroupilha, em homenagem a sua conquista maior.

Farroupilha

O Campeão por 100 anos inspirou o artista Saulo Moraes, que a pedido da torcedora Vilma Machado de Brito, de 15 anos, transmitiu em uma pintura a visão da pequena tricolor sobre a chegada dos Campeões Farroupilha ao Porto de Pelotas a bordo do navio Itassucê, peça artística que se encontra no Estádio Nicolau Fico. Da mesma forma, a poeticidade fez-se presente por muitos anos, marcada até hoje, quando em 1959, em um encarte comemorativo aos 33 anos do Fantasma do Fragata, chamado Brincadeiras do Anselmi, dois poemas ganham destaque, um do poeta pelotense Hugo Diniz e o outro do próprio editor do jornal, Raymundo Anselmi, escrito em Bagé, intitulado “Campeão de 35”.

Que a razão dessa vitória, que ainda ecoa por todo o Rio Grande do Sul, seja força e incentivo para retornares ao lugar de onde jamais deverias ter saído. Obrigado histórico 9º Regimento de Infantaria. Parabéns Grêmio Atlético Farroupilha, Campeão por 100 anos!

Por Carlos Eugênio Costa da Silva*

*Pesquisador, Diretor de Comunicação do Grêmio Atlético Farroupilha

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções