Diário da Manhã

quinta, 23 de setembro de 2021

Notícias

KILOMBO URBANO : Feira do Livro “0800”

03 setembro
08:34 2021

Domingo e terça das 8h às 17h, Feira do Livro na esquina das ruas Benjamin Constant e Álvaro Chaves. A iniciativa é do Kilombo Urbano Canto de Conexão, e os organizadores ressaltam que a proposta é libertária. Assim, o objetivo não é a venda comercial, mas a circulação de mais de mil livros. O líder comunitário e antropólogo Giovane Lessa, observa que o público poderá passar pelo local, retirar a publicação que gostou, e também fazer doações. Por isso, a feira está sendo identificada como “0800”, numa alusão ao código para ligações gratuitas ao fone. Artesãos também estarão expondo no local. Na feira, cuidados sanitários como o uso de máscaras, distanciamento entre as bancas, e tubos de álcool gel. O Kilombo está localizado à rua Benjamin Constant 1.327.

BIBLIOTECA – Rumo ao quinto ano em atividade, o Kilombo Urbano tem realizado diferentes ações pedagógicas e culturais. De acordo com Lessa, uma biblioteca comunitária começou a ser organizada há três anos. Designada como Maria Amaro, a biblioteca regularmente recebe doações do pesquisador e livreiro Adão Fernando Monquelat. No acervo, títulos de ficção e não-ficção, abrangendo desde temáticas infantis até material didático, literatura, e publicações acadêmicas. “No cotidiano da comunicação eletrônica, nossa conexão é pelo incentivo à leitura, uma prática que proporciona contribuições e crescimento, muito além das mensagens fragmentadas nas redes sociais”, diz Giovane Lessa.

Antropólogo Giovane Lessa

REVISTA do Kilombo Urbano também estará sendo lançada. O primeiro número tem cinquenta exemplares, e será distribuído aos colaboradores. Entre os temas, o histórico acerca da ocupação que desencadeou a criação do centro cultural e o Kilombo Urbano, o banco de alimentos, as conexões internacionais de apoiadores que passaram pela cidade, parcerias com o Conselho Municipal do Povo de Terreiro, Adufpel, Asufpel, Arpasul, espaço à inclusão, território das manifestações artísticas, mutirão para a edificação de moradias a famílias em situação de vulnerabilidade. A revista terá periodicidade trimestral.

 

(C0G0Y)

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções