Diário da Manhã

sábado, 10 de abril de 2021

Notícias

MÚSICA : O som Pop e urbano brasileiro do “Ala B”

MÚSICA  : O som Pop e urbano  brasileiro do “Ala B”
01 abril
08:59 2021

Duo reúne os músicos Daniel “Silverdani” Silveira e Matt Thofehrn

Por Carlos Cogoy

O projeto é ir lançando mensalmente uma nova música gravada. As cinco primeiras do duo “Ala B”, foram gravadas em 2020. E a primeira divulgação ocorreu há menos de um mês, quando os músicos Daniel “Silverdani” Silveira, e Matt Thofehrn, lançaram a canção “Força e Delicadeza”. Para conhecer a primeira música do projeto que, até o fim do ano, planeja formatar o repertório de um disco, basta acessar Ala B Oficial no Youtube.

SINGLE “Força e Delicadeza” foi composto ao fim de 2019. Daniel explica: “Desde o início do projeto, consideramos que ‘Força e Delicadeza’ seria a mais apropriada como apresentação, seja pela diversidade rítmica, letra ou melodia. Como as gravações no ano passado, obedeceram aos cuidados necessários por conta da pandemia, houve alteração nos nossos planos de lançamento. Mas, com a conclusão neste começo de ano, notamos que já estávamos em março. Daí, foi uma feliz coincidência, pois o atraso na finalização, permitiu que a música pudesse ser lançada no dia 8. Enviamos para nossos contatos pessoais no WhatsApp e também para algumas rádios parceiras. Desde então, estamos trabalhando na divulgação via redes sociais, e a recepção tem sido muito boa”.

ALA B oferece uma sonoridade Pop Urbana e Brasileira. “O objetivo do Ala B é dar vazão ao nosso lado autoral. A relação com a criação artística vem da infância, e foi tomando o rumo da música ao longo dos anos. Nunca parei para contar quantas letras e músicas eu tenho escritas, e também não tenho temas de predileção. Acredito que as ideias se apresentam e tento transportá-las para o som. Nas canções que estão a caminho, falamos sobre noite, boemia, amor e também temas sociais, sem nos prendermos a gêneros ou padrões. Eu gosto de definir o trabalho do Ala B como música pop e urbana brasileira. Não queremos fazer nada hermético, ou somente inteligível para ouvidos escolados. Quem puder acompanhar a nossa música, a partir de ‘Força e Delicadeza’, passando pelas demais canções que serão lançadas, vai perceber ali a presença do rock, dos ritmos brasileiros e afro-latinos, e o que mais conseguirmos agregar ao nosso som”, acrescenta Daniel.

PERCUSSÃO – Matt Thofehrn há mais de vinte está ligado à música. Filho de artista plástica, é formado em Produção Fonográfica na UCPel, e já integrou bandas como bandas Attro, Jukebox Orchestra e Vade Retro. Além do rock, estudou ritmos em Cuba, e está atento a variadas sonoridades. Daniel observa: “A ideia do duo surgiu naturalmente, uma vez que o Matt, mais que o baterista em todas as canções, foi peça fundamental na viabilização do projeto, comprando a briga comigo. Abraçou a luta mesmo”.

TRAJETÓRIA de Daniel começou em casa, pois os pais integravam o Coral da UCPel, e recebiam amigos para tocar e cantar. Daniel estudou no Conservatório durante alguns semestres, e também participou de coral. “Com o tempo, fui conhecendo outras coisas, o rock setentista, progressivo, Beatles, Stones, o Punk, o hard rock, a MPB, os ritmos regionais e a World Music. Como músico, cantei em coral, rock e pagode. Todos os gêneros foram me trazendo novas informações e aprendizados, e acabam se manifestando na hora de compor. E participei de bandas desde a adolescência. O último grupo do qual fiz parte foi a banda de pagode Só pra Incomodar – Artimanha, no fim dos anos noventa, início dos 2000. Por algum tempo, fiz voz e violão em bares de Pelotas, e noutras cidades que morei. Apesar de sempre tocar covers, vinha produzindo músicas próprias ao longo dos anos. Faltava a oportunidade e as parcerias certas para trazê-las ao mundo. O encontro com o Matt possibilitou a concretização das canções, ele tem a experiência necessária que permitiu tirar as canções da gaveta”, diz Daniel.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções