Diário da Manhã

domingo, 01 de agosto de 2021

Notícias

NAS LENTES DE TALES : Assessor de comunicação encerrou ciclo de cinco anos com Pelotas e conta sobre novos projetos

13 maio
09:27 2021

Por: Henrique König

Tales Leal foi figurante marcante dos últimos anos na Boca do Lobo. Ao se despedir do E.C. Pelotas, ele também contou ao Diário da Manhã sobre sua experiência com a comunicação do clube.

O início foi em 2016, contratado para Central de Sócios do Lobo. Foi estagiário durante oito meses e logo foi efetivado na assessoria de comunicação. “Conheci muito mais da rotina do clube e também acompanhei mais o futebol. Neste cargo, me aprimorei e pude ficar um bom tempo trabalhando com comissão técnica, atletas, colegas de imprensa, torcedores e direção.”

No início, não trabalhava com a fotografia. “Foi durante esse tempo que ela entrou na minha rotina. Desde o começo, foi uma experiência sensacional contar a história do clube por imagens. Com a experiência que o clube me deu, tenho certeza que levarei a fotografia como profissão adiante.”

Foram seis temporadas diferentes entre o sol, a chuva, o calor e o frio, em treinos, jogos e viagens. “Foi um tempo bem aproveitado, pois o clube me dava liberdade de implementar o trabalho da melhor forma. A gente sempre procurou deixar o Pelotas em um nível muito alto na comunicação. Ficamos contentes com o resultado do trabalho.”

Tales Leal foi figurante marcante dos últimos anos na Boca do Lobo.

Tales recorda de quem o ajudou nessa caminhada. Diretores: Álvaro Ramos, Guilherme Gomes, Giacomo Bertinetti e Gabriel Ribeiro. Assessores parceiros: Bruno de La Rocha, Jessé Krüger, Gustavo Pereira, Igor Krolow, Giancarlo Santorum, Pedro Lopes e Fael Marques -Apoiadores : Nikolas Pires, Tiago Winter e Leandro Lopes.

“As melhores lembranças nem sempre são as vitórias. É claro que passamos por um ano bem especial, o de 2018, quando conquistamos o acesso e o título. Mas todo o tempo foi proveitoso. Saio pela porta da frente, de cabeça erguida e com a certeza de termos feito o melhor. Agradeço muito pela oportunidade. São experiências e amizades que levamos para vida inteira.”

Sobre o último período, em que o Pelotas não atingiu os resultados de campo, Tales afirma que é difícil apontar um culpado ou colocar a responsabilidade sobre alguém. No futebol, a bola nem sempre entra, o contexto é amplo e os detalhes é que decidem.

Detalhes que ele sempre atentou nas fotografias. “Sigo cursando o jornalismo na UCPel e me aprimorando cada vez mais na área. Tenho um bom relacionamento com a imprensa local e estadual e neste recomeço não é diferente. A partir de agora, invisto mais em mim, com a cobertura de partidas do futebol gaúcho, no cenário do interior e também nacional.”

Colaborador no jornalismo pelotense, logo o crédito para Tales Leal poderá ser novamente visto: “Tenho certeza de que a minha caminhada recém começou e tenho muito a oferecer para quem acompanha e acredita no meu trabalho”, finalizou.

Comentários ()

Seções