Diário da Manhã

quinta, 04 de março de 2021

Notícias

Novembro Roxo propõe ações para sensibilização diante da prematuridade

04 novembro
08:31 2020

O mês de novembro é dedicado à sensibilização internacional da prematuridade. O Grupo de Estudos e Pesquisa de Pelotas em Neonatologia (GEPPNEO), juntamente com a Unidade de Produção do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE UFPel), estará promovendo diversas ações relacionadas à prevenção, conscientização e o cuidado diante da prematuridade.

Através de suas redes sociais, serão disponibilizados cards informativos, depoimentos de familiares e lives direcionados aos profissionais de saúde, acadêmicos, pais e cuidadores dos pequenos prematuros e comunidade em geral. O grupo convida a todos a seguir suas páginas no Instagram e Facebook e o canal no YouTube para ficar por dentro das atividades.

Novembro RoxoO GEPPNEO foi criado em fevereiro deste ano, focado no cuidado aos nascidos prematuros, por enfermeiros da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) do Hospital Escola/UFPel, juntamente aos docentes da Faculdade de Enfermagem. O Grupo tem o objetivo de realizar estudos e pesquisas que busquem contribuir na implementação dos cuidados neuroprotetores e segurança ao paciente neonato, e compreender e apoiar a vivência do tornar-se família na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.

PREMATURIDADE
O parto prematuro é aquele que ocorre antes das 37 semanas de gestação. Dados preliminares do Sistema Nacional sobre Nascidos Vivos (SINASC), no Brasil, mostram que, em 2019, ocorreram 313.937 partos prematuros, o que representa 11% de todos os partos, e em Pelotas, de acordo com o estudo de coorte de nascimentos, em 1982 os nascimentos prematuros representaram 5,8% dos partos e em 2015 foram 13,8%.

 

E-mail para contato: [email protected]

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções