Diário da Manhã

terça, 15 de junho de 2021

Notícias

Plataformas de streamings abrem espaço para conteúdos brasileiros e produções gaúchas

Plataformas de streamings abrem espaço para conteúdos brasileiros e produções gaúchas
10 junho
11:24 2021

A disputa dos serviços de streaming por mais usuários é uma boa notícia para os fãs de filmes e séries, que ganham cada vez mais opções e preços competitivos

Entretanto, existe um aspecto ainda mais importante que acontece com o crescimento dessas plataformas de audiovisual. A Netflix, a Globoplay e outros sites estão abrindo espaço para que produções brasileiras fiquem em maior evidência nos catálogos, e isso significa que alguns filmes gaúchos também estão ganhando atenção e elogios mais que merecidos.

Esse é o caso, por exemplo, do recém-lançado Os Olhos de Ernesto, dirigido pela elogiada artista Ana Luiza Azevedo. A produção gravada em Porto Alegre estreou, ainda no ano passado, no Net Now e também no Vivo Play. Essa estreia na internet fez com que o filme gaúcho conseguisse ainda mais alcance, e fosse comentado por um público maior. Essas iniciativas são importantes para que o cinema brasileiro fique em maior evidência, principalmente com o público local.

A Netflix é um caso de sucesso, pois a plataforma tem investido pesado para que as produções brasileiras ganhem espaço no catálogo oferecido ao assinante. Essas são algumas das séries que causaram reações positivas com o público:  3, O Mecanismo e, mais recentemente, a produção Onisciente. Todas elas com a assinatura de diretores brasileiros e que contam um pouco mais da cultura de lugares diferentes do Brasil. Afinal, consumir produções audiovisuais nacionais é também aprender a histórica local.

Isso é ainda mais forte no Rio Grande do Sul, que produz filmes, curtas e séries contando a história da região. Esse é o caso do curta-metragem Pelotas Caridosa, idealizado pelo ator e diretor teatral Flávio Dornelles. Como mostramos em reportagem recentemente, a produção que conta a história do poeta pelotense Francisco Lobo da Costa fez sucesso com os críticos e recebeu até um prêmio no festival Quarentena Online Film Festival, do Rio de Janeiro. Um reconhecido importante, e que mostra como é rica a história do nosso país.

Digital abre espaço para os temas

Os conteúdos em formato digital possuem como maior característica a diversidade, e isso faz com que as produções temáticas ganhem espaço no entretenimento online. Ainda no universo dos streamings, por exemplo, até mesmo clubes de futebol estão aproveitando essa versatilidade dos conteúdos online. No final do ano passado, o Grêmio lançou a própria plataforma de streaming, com produções audiovisuais totalmente voltadas para o clube tricolor.

Entretanto, não é só o streaming que abusa das temáticas para chamar atenção dos usuários. Isso acontece até mesmo com os jogos de cassino online, sendo mais comum nas máquinas caça-niqueis. Algumas das principais plataformas de apostas digitais oferecem slots machines grátis com temáticas que vão desde a Grécia antiga até o icônico ator de artes marciais Bruce Lee. A ideia é mostrar que as caça-niqueis clássicas, progressivas, em formato video slots e até mesmo as em formato 3D podem oferecer uma experiência mais dinâmica no universo digital das apostas.

Nós também poderíamos incluir na lista de exemplos os jogos de videogames, os aplicativos para smartphones e vários outros conteúdos digitais que possuem diversos temas diferentes. A verdade é que o entretenimento digital está ganhando terreno por ser variado e se adaptar aos usuários. Por exemplo, uma pessoa ao escolher a plataforma de streaming, ela vai optar pelo catálogo que mais agrade ao gosto próprio. Ou seja, é uma espécie de personalização do conteúdo.

Produções brasileiras para lançamento

Essa diversidade vai continuar em 2021, e nos próximos anos, principalmente com os filmes brasileiros nos streamings. Algumas novidades devem ser lançadas nos próximos meses, e já chamam atenção do público. É o caso de Carga Máxima, que será o primeiro filme de ação brasileiro da Netflix. Além dele, outros dois filmes nacionais também foram confirmados para estrear no futuro: a produção Carnaval e o longa Confissões de uma Garota Excluída. Ou seja, não vai faltar conteúdo do Brasil.

Isso também deve abrir caminho para que produções do Rio Grande do Sul brilhem nos streamings mais populares. Os filmes gaúchos são conhecidos pela grande qualidade, e não devem demorar para ganharem espaço nos catálogos. A produção Disforia, de Lucas Cassales, já conseguiu um espaço entre os filmes disponíveis na Amazon Prime Video, por exemplo. Entretanto, isso ainda é pouco para o potencial das produções gaúchas por aqui.

Os portais de streamings vão continuar ganhando a audiência dos brasileiros, e a quantidade de serviços também só deve aumentar. Essas são todas boas notícias, pois significa mais sites para acompanharmos produções brasileiras que antes eram totalmente desconhecidas do público geral. O entretenimento digital tem vários aspectos positivos, mas essa democratização do conteúdo é um dos pontos mais importantes e que merece um elogio.

Imagem Fonte: Unsplash

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções