Diário da Manhã

quinta, 04 de março de 2021

Notícias

POLÍCIA RODOVIÁRIA : Apreensão de quase 50kg de maconha na BR-116

18 fevereiro
08:42 2021

Droga estava sendo transportada no porta-malas de um Fiat Uno

A Policia Rodoviária Federal (PRF), prendeu um traficante com quase cinquenta quilos de maconha em Pelotas. Na noite de segunda-feira, agentes da Polícia Rodoviária Federal flagraram na BR 116.

O traficante estava transportando quase cinquenta quilos de maconha. O entorpecente, conforme a PRF, estava acondicionado no porta-malas do veículo.

O homem, conforme verificação, tem inúmeros antecedentes criminais, e transitava num Fiat Uno. O carro estava com placas de Alvorada.

PERSEGUIÇÃO – Após o condutor desobedecer a ordem de parada, os policiais realizaram acompanhamento tático por cerca de cinco quilômetros, até que o motorista perdeu o controle do Uno.

Criminoso possui antecedentes por roubo e posse ilegal de arma de fogo

FUGA – O veículo saiu da pista, e o condutor teve de deixar o carro. Assim, começou a fugir a pé, correndo para uma mata à margem da rodovia.

CAPTURA – A equipe da PRF realizou buscas nas imediações, e conseguiu localizar o suspeito. Apesar da tentativa de esconder-se, foi localizado e capturado.

TRÁFICO – No interior do carro os PRFs localizaram 47,46 quilos da droga, que estava acondicionada em sacos. O homem de 22 anos, é natural de Camaquã.

Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas, e encaminhado para a polícia judiciária em Pelotas. Já o veículo e a maconha foram apreendidos.

CAPÃO DO LEÃO – Também na segunda-feira, mas à tarde, outra prisão em flagrante na BR 116. A ação da PRF, no entanto, ocorreu no município vizinho do Capão do Leão.

MOTO – Na abordagem a motociclista, foi constatado que ele pilotava uma moto com placa de identificação falsa. Os agentes da PRF, constataram que o veículo estava com a placa de outra moto.

CHASSI – Os policiais realizavam uma operação, quando abordaram um homem que conduzia uma motocicleta CG Titan 125. Ao realizarem consultas nos sistemas, eles verificaram que se tratava de uma outra moto, e que também o chassi do veículo estava com a numeração suprimida.

PRISÃO – Na ação, foi preso o condutor de 36 anos, natural de Pelotas. Ele responderá pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo, cuja pena é de três a seis anos de reclusão. O homem e a motocicleta foram encaminhados ao plantão da Polícia Civil.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções