Diário da Manhã

quarta, 01 de dezembro de 2021

Notícias

Retorno obrigatório ao ensino presencial completa três semanas

Retorno obrigatório ao ensino presencial completa três semanas
24 novembro
12:11 2021

As quatro escolas previstas para retomar atividades na última semana conseguiram realizar as adaptações necessárias e já voltaram às aulas presenciais obrigatórias

Nessa segunda-feira (22), o retorno obrigatório, estabelecido pelo Decreto Estadual 5.671/2021, ao ensino presencial na rede municipal de Pelotas completou três semanas. De acordo com o levantamento feito pela Prefeitura, os quatro educandários que estavam fechados por problemas estruturais – as Escolas de Ensino Fundamental (Emefs) Piratinino de Almeida, Mariana Eufrásia e Nossa Senhora de Lourdes e de Ensino Infantil (Emei) João Guimarães Rosa – conseguiram realizar as adaptações necessárias e retomaram as atividades.

Nesta terceira semana de aulas, na Emef Balbino Mascarenhas, no bairro Simões Lopes, os alunos, que retornaram ao ensino presencial no dia 11, estão em fase de alfabetização. Segundo a diretora Marli Missiunas, a maioria lê e escreve bem para a idade. A escola atende nos turnos da manhã e tarde e, em média, em cada sala cabem até dez alunos, seguindo o distanciamento exigido nos protocolos. Lucas, 7 anos, está no 2º ano do Ensino Fundamental e tem como matérias favoritas o Espanhol, Artes e História. O pequeno contou que estava com muita saudade dos colegas e das professoras e, para se proteger, sempre carrega um álcool em gel consigo.

Na Emef Bibiano de Almeida, no bairro Areal, a equipe diretiva, comandada por Patrícia Pinto, considera além de participativas as famílias dos estudantes presentes com o retorno obrigatório. Os protocolos sanitários estão sendo rigorosamente respeitados e, para os alunos até o 9º ano, os professores oferecem aulas de apoio para a recuperação e readaptação às atividades.

Duas escolas retornam nas próximas semanas

De acordo com a Secretaria de Educação e Desporto, duas escolas estão fechadas e retornam nas próximas semanas. Na Emei Graciliano Ramos, um funcionário testou positivo para o coronavírus e, por isso, as atividades no local foram suspensas temporariamente e serão retomadas no dia 6 de dezembro. Na Emef Francisco Campos Barreto, dois alunos de uma mesma turma positivaram para a doença e as aulas voltam na segunda-feira (29). 

Retorno essencial

O Município reitera que o retorno ao ensino presencial é fundamental para a retomada da aprendizagem das crianças e jovens. As medidas sanitárias e de distanciamento, bem como os protocolos de prevenção e monitoramento, serão seguidos à risca, já que as escolas são ambientes fiscalizados rotineiramente pelo Centro de Operações de Emergências da Saúde para a Educação (COE-E) Municipal e as vigilâncias Sanitária (Visa) e Epidemiológica (Vigep).

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções